45 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. »
Definir direcção ascendente
45 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. »
Definir direcção ascendente
Últimos comentários sobre Aveia

FARINHA DE AVEIA INSTANTÂNEA Excelente - José Luís, 30/11/2015

Adorei. Muito boa dissolução e excelente a seguir ao treino.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

FARINHA DE AVEIA INSTANTÂNEA Os melhores hidratos - Gil, 09/09/2015

Os melhores hidratos do mercado, não há nenhum capaz de bater a relação preço/qualidade deste produto! o melhor sabor? Chocolate, sem dúvida. Fácil dissolução...óptimo para um pos-treino ou mesmo para um pequeno almoço rápido e efetivo.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

OATMASH Excelente - Francisco José, 01/09/2015

Bom em tudo. Bom preço, eficaz, boa dissolução e muito bom sabor vou voltar a comprar de certeza.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

OATMASH Excelente Produto - Francisco José, 21/08/2015

Comprei o Sabor Chocolate-Coco e é simplesmente Saboroso. Uma dose de Proteina 30g + Uma dose de Aveia 50g, antes do Treino Resulta muito Bem. Vou comprar novamente e provar outros sabores.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

Comprar Aveia - Tudo o que deves saber!

A aveia é o cereal mais rico em nutrientes e com mais benefícios para a saúde. A avena sativa, conhecida normalmente como aveia, forma os seus grãos numa panícula com diferentes ramas. É um dos cereais mais utilizados nas dietas dos desportistas, não só pela sua riqueza em hidratos complexos e proteínas, senão que também pelas suas vantagens nutricionais. Tem uma elevada quantidade de fibra, é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes.

Desde há milhares de anos que a aveia está integrada entre os alimentos da dieta humana devido, principalmente, ao seu excelente sabor, muito melhor que o de outros cereais. Apesar disso, o seu cultivo intensivo é relativamente recente.

Enquanto que o trigo e a cevada se cultivam desde há 10.000 anos, a aveia só começou a cultivar-se há, aproximadamente, 3.000 anos, quando o homem começou a comprovar as extraordinárias qualidades deste cereal: a sua riqueza em nutrientes (maior que a de outros cereais), a sua facilidade de cultivo (até mesmo nos solos mais pobres) e como as suas propriedades beneficiam a saúde.

Propriedades da aveia

A aveia é um alimento com uma extraordinária fonte de nutrientes, que proporcionam ao organismo excelentes materiais de construção de proteínas.

Ao contrário de outros cereais (como o arroz) basta tomar uma pequena quantidade de aveia para obter todas as substâncias vitais que inclui entres os seus ingredientes.

Entre os principais ingredientes e nutrientes vitais da aveia, incluem-se os seguintes:

A aveia contém biotina e zinco

A biotina favorece a beleza do cabelo e das unhas e ajuda a manter o sistema nervoso em bom estado. Basta tomar 40 gramas de farinha de aveia para proporcionar ao organismo 7,8 microgramas de biotina, equivalentes à quarta parte da dose diária recomendada. Mas… Como atua a biotina e o zinco no organismo?

A biotina é um dos remédios mais conhecidos para manter o cabelo, a pele e as unhas fortes e saudáveis. Está especialmente recomendada para o tratamento da queda de cabelo, cujos benefícios podem potenciar-se, ainda mais, quando se combina com o zinco.

Dá-se circunstância de que a aveia é ainda uma boa fonte de zinco, já que cada 100 gramas de aveia contém umas 4.300 microgramas de zinco (equivalentes ao zinco contido num bife), pelo que é perfeita para manter o cabelo saudável, forte e brilhante.

A biotina favorece, igualmente, o estado ótimo do sistema nervoso, já que os estudos clínicos demonstraram que a depressão está relacionada com os baixo níveis de biotina.

A aveia e a vitamina B1

Umas 40 gramas de aveia contém 0,3 miligramas de vitamina B1.

Com esta quantidade, cobre-se a quarta parte das necessidades diárias desta vitamina. Não existe outro cereal que tenha uma proporção tão elevada de vitamina B1 como a aveia. Até mesmo entre os pseudo-cereais, unicamente o amaranto, tem um conteúdo elevado de B1 semelhante ao da aveia.

A vitamina B1, junto com a vitamina B6, proporciona tranquilidade e controlo dos nervos.

Quando o organismo apresente carência de vitamina B1 podem produzir-se tonturas, insónias, fadiga e transtornos neurológicos. Além disso, ao ingerir hidratos de carbono é necessária a aportação da vitamina B1 para que o organismo os possa processar corretamente. Habitualmente, costuma-se designar os hidratos de carbono como “ladrões de vitamina B1”, já que a utilizam, mas não a proporcionam.

A aveia e a vitamina B6

A vitamina B6 contribui para manter os nervos e a mente equilibrados. A aveia tem o dobro de vitamina B6 que outros cereais (1 miligrama por cada 100 gramas de aveia).

Entre as propriedades da vitamina B6 destacam que garante um sistema nervoso forte. Além disso, promove a saúde das células sanguíneas (já que intervém na síntese da hemoglobina) e favorece a produção da serotonina. Um dos remédios mais conhecidos para aliviar a insónia, o mal estar anímico e psicológico é proporcionar ao organismo uma maior quantidade de vitamina B6.

Atualmente é muito frequente a deficiência de vitamina B6 devido à dieta desequilibrada que realizam muitos jovens e, até mesmo, muitos adultos. A deficiência de vitamina B6 pode ocasionar diferentes sintomas, como a diarreia crónica. Por outro lado, alguns fármacos, principalmente os antibióticos e a pílula, podem produzir uma deficiência de vitamina B6.

Entre os sintomas da deficiência de vitamina B6 incluem-se: pesadelos frequentes, maior suscetibilidade às infeções ou lesões na pele e níveis elevados de homocisteína, que é um dos fatores de risco mais graves de padecer problemas cardiovasculares.

A aveia e o ferro

40 gramas de aveia contêm 2,4 miligramas de ferro. Também neste caso, a aveia tem valores mais elevados de ferro que outros cereais.

Unicamente o milhete e os pseudo-cereais amaranto e quinoa podem ter níveis de ferro semelhantes aos da aveia.

Nem sequer a carne pode superar a aveia como fonte natural de ferro, já que a aveia tem o dobro de ferro que a carne.

Mesmo se combinamos a aveia com uma fonte de vitamina C (por exemplo, o muesli), o ferro contido na aveia alcança qualidades similares às que podemos encontrar na carne.

Devido a isso é, junto com o milhete, um dos principais remédios para tratar os problemas de anemia.

A aveia tem um excecional conteúdo de magnésio

Entre as propriedades da aveia destaca o seu conteúdo em magnésio: 40 gramas de aveia contém 60 miligramas de magnésio.

Basta tomar 40 gramas de aveia, uma banana, meia maçã, 2 tâmaras sem caroço e 20 gramas de sementes de girassol para proporcionar ao organismo a metade da quantidade de magnésio (300-400 mg) que necessita cada dia.

Se não gostas do sabor da aveia podes servir-la misturada com abundantes legumes ou frutos ricos em vitamina C, com os que se podem conseguir os máximos benefícios para a saúde.

A aveia é um excelente fornecedor de silício

A aveia inclui quase a mesma quantidade de silício que o milhete (considerado o rei do silício). O silício é um material excecional que ajuda a manter a saúde do tecido conjutivo, evita o desenvolvimento da celulite e favorece que a pele se mantenha firme e elástica.

O silício é conhecido popularmente pelas suas propriedades para manter o cabelo e as unhas em bom estado. No entanto, a maioria das pessoas ignora que o silício é um dos melhores remédios para a saúde dos ossos e da cartilagem. Por esse motivo, recomenda-se incluir um subministro adicional de silício nos casos em que se sofra osteoartrite, artrites ou qualquer outro problemas ósseo. Além disso, o organismo utiliza silício para recuperar a sua provisão natural de alumínio orgânico, que protege o cérebro e melhora o seu funcionamento.

A aveia tem a melhor combinação de fibra

Em 40 gramas de aveia há, aproximadamente, 4 gramas de fibra, maravilhosamente equilibrada, entre fibra solúvel e insolúvel. Noutros cereais, como o trigo, o centeio, a cevada e o milho, há maior quantidade de fibra insolúvel e o conteúdo em fibra solúvel é escasso. As diferenças da fibra insolúvel e da solúvel está nos seus distintos benefícios para a saúde, mas, como afeta esta diferença?

A fibra insolúvel está indicada para lutar contra a prisão de ventre, enquanto que a fibra solúvel reduz os níveis de colesterol e gordura no sangue, pelo que ajuda a prevenir o risco de sofrer ataques de coração, arteriosclerose ou cálculos biliares.

A aveia reduz em apenas três dias a resistência à insulina e os níveis de açúcar no sangue, pelo que é um dos melhores remédios para tratar a diabetes.

A fibra solúvel contida na aveia regula, junto com o seu elevado conteúdo em magnésio, os níveis de açúcar no sangue. O resultado é tão assombroso que, para os diabéticos ou para as pessoas com resistência à insulina, a aveia é uma verdadeira cura.

Os efeitos da aveia são tão extraordinários que ao tomar durante três dias uma elevada quantidade, melhora-se notavelmente a resistência à insulina e os níveis de açúcar no sangue.

Apesar disso, é sempre mais benéfico incluir-la entre os alimentos que consumimos diariamente, em pequenas quantidades e como parte de uma dieta saudável.

Os últimos estúdios clínicos realizados sobre 40.000 participantes, demonstraram que os suplementos alimentares que contêm magnésio reduzem, de forma natural, até um 19 porcento o risco de sofrer diabetes.

Mas o resultado é extraordinário no caso da farinha de aveia, já que entre os participantes do estudo demonstrou-se que quem consumia aveia de forma regular reduziam até um terço o risco de sofrer diabetes. O modo como se produz, explica-se porque a aveia contém saponinas, uns fitoquímicos que reduzem a hiperglicemia (níveis elevados de açúcar no sangue) e incrementam a secreção da insulina.

Importância da aveia para os desportistas

A aveia e os beta-glucanos

A maior parte da fibra solúvel contida na aveia procede dos seus beta-glucanos, que têm enormes benefícios para a saúde. Os beta-glucanos atuam em combinação com as células imunitárias chamadas neutrófilos e, entre outras coisas, isolam a inflamação no corpo, pelo que têm efeitos anti-inflamatórios.

Por outro lado, o beta-glucano também apresenta benefícios para as pessoas que têm o colesterol alto, pelo que costumam recomendar-se, nestes casos, o consumo de farelo de aveia. O farelo de aveia está formado pelas camadas externas da aveia sem o endosperma. Tem um conteúdo mais alto em fibra e o dobro de beta-glucano, que a farinha de aveia.

Em 40 gramas de farelo de aveia, existem 3 gramas de beta-glucano. As pessoas que sofrem colesterol alto podem chegar a reduzi-lo entre um 8 e um 23 porcento, tomando durante três semanas diariamente 3 gramas de farelo de aveia. (Ao tomar farelo de aveia também se deve beber muita água).

Além disso, se temos em conta que o colesterol aumenta as possibilidades de sofrer uma doença cardiovascular, tomando aveia diariamente podemos reduzir também o risco de enfarto e outros problemas do sistema cardiovascular.

Como é que o beta-glucano da aveia reduz o colesterol?

O processo pelo que o beta-glucano aumenta a quantidade de bílis no intestino é muito simples. Na bílis encontra-se uma grande quantidade de gorduras e substâncias tóxicas que, graças à atividade do beta-glucano pode ser excretado através das fezes, em vez de voltar à corrente sanguínea.

A aveia natural ajuda a diminuir o colesterol “mau” ou LDL em tanto que, o colesterol “bom” permanece intacto. Além disso, tem propriedades como antioxidante, derivados do seu antioxidante específico, chamado avenantramida.

A aveia contém um antioxidante com benefícios excecionais

Os benefícios dos cereais como fornecedores de antioxidantes foram subestimados durante muito tempo, dado que os investigadores estiveram a aplicar métodos erróneos para determinar os níveis dos antioxidantes contidos nos cereais.

Os científicos da Universidade de Cornell (EE.UU) descobriram que os antioxidantes que contêm as frutas e legumes encontram-se de forma livre, enquanto que no caso dos cereais, em 99% dos casos, estão de forma unida. No entanto, tanto se os antioxidantes estão livres ou unidos, têm efeitos idênticos.

O erro dos científicos, que agora foi descoberto, consistia em querer comprovar os efeitos dos antioxidantes que estão unidos com os métodos dos antioxidantes que estão livres. Devido a isto, pensou-se durante muito tempo, equivocadamente, que os cereais careciam de antioxidantes.

Quando se processa o grão de farinha branca, grande parte do potencial antioxidante perde-se, já que 83% dos antioxidantes que contêm as camadas exteriores do grão, eliminam-se para extrair a farinha. No entanto, isto não sucede com os produtos integrais, que proporcionam excelentes antioxidantes para o organismo e multiplicam os efeitos das bactérias intestinais, sendo um dos remédios mais eficazes para a saúde da flora intestinal.

O antioxidante contido na aveia pertence ao grupo polifenol e denomina-se avenantramida.

As propriedades da avenantramida são extraordinárias, já que impedem a oxidação do colesterol LDL que, quando se oxida se converte em DAS, o germe de todo tipo de problemas para a saúde, como a formação dos temidos depósitos nas paredes dos vasos sanguíneos.

A proteção do antioxidante da avenantramida ainda se incrementa mais quando se toma junto com a vitamina C. Por isso, é recomendável tomar aveia junto com cítricos, por exemplo ao pequeno-almoço, o que aumenta ainda mais a sua concentração de vitamina C.

Aveia, preferentemente en versión integral

Todas as substâncias vitais mencionadas anteriormente encontram-se em quantidades relevantes apenas na aveia de tipo integral. A farinha de aveia elabora-se habitualmente a partir de sementes inteiras, tanto se se trata de farinha de polinuclear, farinha fina ou farinha para bebés.

No entanto, se compras determinados tipos de produtos, como as bolachas de aveia, por exemplo, é possível que não estejam feitas só de farinha de aveia, já que costumam conter outro tipo de cereais ou açúcar. Por isso é muito importante comprovar na embalagem dos produtos a lista dos ingredientes. Ao contrário dos produtos integrais, os grãos com os que se elabora a farinha branca contém muita gordura e criam desejos alimentares.

A aveia integral aporta outros benefícios para a saúde, além dos enumerados. Em concreto, os últimos estudos clínicos realizados em 20.000 participantes demonstraram que os homens que tomam aveia integral ao pequeno-almoço, todos os dias, podem reduzir, num terço, o risco de sofrer um enfarto.

No caso das mulheres, um estudo clínico realizado em 35.000 participantes, demonstrou que as mulheres que tomam por dia 13 gramas de aveia integral podem reduzir num 40% o risco de sofrer cancro de mama. Estes são alguns dos motivos para eleger a aveia, por ser o cereal com as melhores propriedades e benefícios para a saúde. Além disso, a aveia contém muito pouca quantidade de glúten.

A aveia tem muito pouca quantidade de glúten

A aveia não está completamente livre de glúten, mas tem tão pouca quantidade que não se pode elaborar pão. O glúten é o ingrediente que mantém a massa e que faz com que fermente e cresça. No caso da aveia, a quantidade de glúten é tão escassa que se não se utilizam aditivos de outro tipo, só se consegue elaborar um pão plano.

No entanto, a farinha de aveia pode-se misturar até num 30 porcento para elaborar pão. Ainda que a aveia leve uma pequena quantidade de glúten, este glúten é diferente ao procedente do trigo e pode ser muito melhor tolerado que o glúten que leva o trigo, o centeio e a espelta.

Devido a isso, até as pessoas celíacas podem tomar aveia em quantidades limitadas (sempre que não superem as 50g por dia.) e que se assegurem de tomar aveia integral (sem glúten) e sem misturas de trigo, cevada ou espelta.

Quando um campo de aveia está junto a um campo de trigo, pode ter o risco de que alguns grãos de trigo passem à aveia e se misturem nos produtos comercializados de aveia. Estas pequenas quantidades de trigo podem representar um problema para os celíacos, pelo que se deve prestar muita atenção à etiqueta do produto e escolher só aqueles nos que conste que são “sem glúten".

Isto garante que contêm menos de 20 ppm * de glúten (* 20 ppm = 2 mg de glúten por cada 100 gramas de alimento) e que, portanto, estão no intervalo recomendado para os celíacos.

Um estudo clínico realizado sobre 116 crianças celíacas demonstrou que a aveia pode ser tolerada por crianças com intolerância ao glúten. Para isso, formaram-se dois grupos, ao primeiro grupo foi-lhes subministrada a dieta clássica sem glúten e ao outro grupo foi-lhes permitido consumir produtos de aveia (sem trigo). Após o estudo pôde-se comprovar como a aveia não havia afetado à mucosa intestinal das crianças que a tinham tomado, assim como, igualmente, havia reforçado o seu sistema imunológico.

No entanto, recomenda-se que as pessoas celíacas provem por si próprias em que quantidade concreta podem tolerar a aveia, começando com pequenas quantidades e comprovando como reage o corpo. Os celíacos podem realizar uma fase de prova e comprovar regularmente como reagem com a gliadina, com o fim de reconhecer a intolerância à aveia o antes possível.

A gliadina é a parte do glúten que provoca reações auto-imunes no intestino nas pessoas celíacas, o que provoca sintomas na mucosa intestinal como diarreia, dor de estômago e flatulência. Se queremos aproveitar os múltiplos benefícios para a saúde da aveia, podemos encontrar-la em diferentes formatos, para consumir-la do modo em que nos pareça mais deliciosa.

Formatos nos que podemos consumir a aveia

Aveia tombada e cortada ao aço

Uma vez colhido o cereal, tira-se a casca com um rolo de aço deixando a parte interna do grão em forma de flocos. Outra variedade é a aveia cortada ao aço, também chamada aveia irlandesa.

Podem apresentar-se no tamanho de um, dois ou três milímetros (finos, médios e grossos). Em ambos os casos está triturada, praticamente sem tratar e conserva todas as suas propriedades e nutrientes. Como se podem consumir? Neste formato pode consumir-se em cru, sendo o único cereal que admite esta possibilidade.

Farinha de aveia integral

A farinha de aveia integral é um dos alimentos mais saudáveis que se conhecem. Como podemos consumir-la?

Com esta farinha elaboram-se os flocos de aveia e papas de aveia. Além dos flocos típicos, também estão os flocos de aveia delicados, que estão feitos de grãos de aveia mais pequenos e os flocos policíclicos, elaborados com grãos inteiros grandes de aveia. Como se podem consumir?

Todos estes produtos costumam ser consumidos fervidos, onde se incham durante a cozedura. Ainda que a sua elaboração seja mais lenta que a de outros tipos de formato, têm a vantagem de que o grão inteiro da aveia contém vitaminas e minerais, que são muito importantes para o bom funcionamento do aparelho digestivo e da flora intestinal.

A farinha de aveia integral é um alimento básico que aporta uma mistura saudável de hidratos, gorduras e proteínas, além das vitaminas B6, B1, E, e de cálcio e ferro. A farinha e os flocos consomem-se normalmente ao pequeno-almoço e podem combinar-se com qualquer tipo de frutas.

Aporte nutricional da farinha de aveia:

Cada 100 gramas de farinha de aveia integral aportam:

  • Kcal: 348 KJ
  • Hidratos de carbono: 58,7g
  • Proteínas: 12,5g
  • Gordura: 7g
  • Água: 13g
  • Colesterol: 0mg

Aportação de Vitaminas por cada 100g de farinha de aveia integral

  • Niacina: 1mg
  • Vitamina B1: 0,55mg
  • Vitamina B2: 0,15mg
  • Vitamina B6: 0,16 mg
  • Vitamina E: 1,2 mg

Dose de Minerais por cada 100g de farinha de aveia

  • Cálcio: 57mg
  • Ferro: 5.1mg
  • Potássio: 397mg
  • Magnésio: 140mg
  • Sódio: 5mg
  • Fósforo: 470mg

Farinha de aveia instantânea

Está elaborada com grãos de farinha de aveia pré-cozidos, muito finos, que se dissolvem ao misturar-los e agitar-los com outros líquidos.

É muito popular, como bebida energética entre os culturistas e atletas que realizam desportos de resistência e treinos intensivos, já que o conteúdo de nutrientes é muito saudável e equilibrado e ainda favorece o rendimento desportivo.

A farinha de aveia instantânea tem outras aplicações muito interessantes, sobretudo no caso das pessoas idosas ou doentes que não podem mastigar bem e que com este produto podem substituir uma refeição completa e satisfazer as suas necessidades nutricionais de forma simples e cómoda.

Outra das vantagens da farinha de aveia instantânea é que é a melhor alternativa para aqueles que não gostam demasiado do sabor da aveia, dado que, neste formato, pode misturar-se e dissolver-se em água, sumo, leite, compotas, purés ou qualquer outro tipo de bebida. Isto funciona tanto se se mistura com uma bebida quente ou fria. Como podemos consumir-la?

Costuma tomar-se ao pequeno-almoço e é a melhor alternativa para começar o dia com energia e saciar o apetite. Devido a isso, é um dos melhores aliados nas dietas de emagrecimento. Este formato da farinha de aveia é o mais versátil de todos, já que também se pode utilizar para cozinhar, espessar molhos, levar ao forno e juntar ao tempero das saladas.

Valor nutricional da farinha de aveia instantânea (por cada 100 gramas de farinha de aveia instantánea)

  • Hidratos de carbono: 61g
  • Proteínas: 13,3g
  • Gordura: 6,8g
  • Água: 13,4g
  • Colesterol: 0mg

Vitaminas (Por cada 100 g de farinha de aveia instantânea)

  • Niacina:m1mg
  • Vitamina B1: 0,55mg
  • Vitamina B2: 0,15mg
  • Vitamina B6: 0,94mg
  • Vitamina E:1,2mg

Minerais (Por cada 100 g de farinha de aveia instantânea)

  • Cálcio: 51mg
  • Ferro: 4mg
  • Potássio: 373mg
  • Magnésio: 131mg
  • Sódio: 5mg
  • Fósforo: 441mg

Farelo de aveia

Para a sua elaboração utilizam-se unicamente as camadas exteriores do grão de aveia, entre as que se inclui a casca e alguns pedaços de grão.

O farelo tem a vantagem de que, apesar de proceder das capas externas do grão, esta parte contém entre 80 e 85 porcento de todos os nutrientes essenciais da aveia e, sobretudo, uma grande quantidade de fibra. No entanto, devido às camadas externas das que procede, resulta mais difícil de digerir que outros tipos de aveia. Como podemos encontrar o farelo?

O farelo está disponível como sêmola (grão moído grosso) ou em flocos solúveis.

Valor nutricional do farelo de aveia: 100 gramas de produto aportam um total de 250 calorias, cujos nutrientes dividem-se da seguinte maneira:

  • Hidratos de carbono: 66g.
  • Proteínas: 16g.
  • Gorduras: 7g.
  • Fibra: 16g.
  • Índice Glicémico: 55

O farelo é um saciante natural que ingerido junto com um copo de água consegue reduzir a sensação de fome. Também é rico em fibra e favorece a eliminação das toxinas, pelo que é o aliado perfeito nas dietas de emagrecimento e aporta ao organismo todas as propriedades e benefícios deste excelente cereal.

O leite de aveia

Está elaborado com água, grãos de aveia, óleo e sal marinho. Não tem gorduras, nem lactose. É a bebida de cereais favorita dos vegans e também se utiliza para a preparação de muesli, assim como para cozinhar.

O leite de aveia tem um alto conteúdo de nutrientes: vitaminas do grupo B, proteínas, fibra, hidratos de carbono, cálcio e os aminoácidos essenciais. É ideal para os diabéticos, para baixar o nível de colesterol, para melhorar o sistema nervoso e para reduzir a obstipação.

Erva de aveia

Consiste no germinado das sementes da planta fresca, antes da floração. Este formato não é muito conhecido, ainda que tenha todos os nutrientes básicos para o organismo (vitaminas A, C, E e K) além de potássio, magnésio, ferro e aminoácidos essenciais. Como podemos consumir-la?

Costuma-se utilizar para elaborar infusões, no extrato líquido e sumo da planta. Pode-se consumir sozinha ou misturando-a com sumo de laranja ou cenoura. Usa-se tradicionalmente para tratar o esgotamento nervoso, aliviar sintomas de stress e como ajuda para adormecer melhor.

A aveia está considerada pelos nutricionistas o cereal mais completo e um dos alimentos mais saudáveis que existe, pelo que é recomendável incluir-la na nossa dieta diária. Devido aos múltiplos nutrientes que possui, ajuda as crianças na sua etapa de crescimento, e é a aliada perfeita para as pessoas que querem perder peso e para aqueles que necessitam um alimento energético, como os desportistas e culturistas.

Por todas estas razões é o cereal perfeito, ideal para tomar ao pequeno-almoço, já que proporciona força durante todo o dia e todos os nutrientes que o organismo necessita. Se, ainda o combinamos com fruta (preferentemente cítricos, que contenham vitamina C) converte-se num pequeno-almoço super completo.

Como tomar aveia?

A aveia é um cereal versátil com o que podemos preparar milhares de pratos e batidos.

  • Os flocos ou cereais de aveia são muito ricos em fibra e são ideais para o pequeno-almoço, juntando-os ao leite ou ao iogurte.
  • A farinha de aveia instantânea, dada a sua grande dissolução, é perfeita para a elaboração de batidos, pão, massas de pizza, pasta, receitas de panquecas, etc.

Para quem está especialmente indicada a aveia?

  • Qualquer pessoa que queira juntar à sua dieta um produto natural e saudável que aporte energia e proteínas de origem vegetal.
  • Todos os tipos de desportistas e pessoas ativas que buscam uma fonte de hidratos de baixo índice glicémico que lhes aporte fibra e energia prolongada.
  • Dada a grande quantidade de vitaminas e minerais, proteínas e hidratos de carbono, é um alimento ideal para favorecer o ótimo desenvolvimento das crianças.
  • É um alimento ideal para as pessoas mais velhas, já que promove a saúde cardiovascular (regula o colesterol) e digestiva (alivia a prisão de ventre).
  • Ao ser um cereal de baixo índice glicémico, é apto para diabéticos.
  • É uma excelente fonte de proteínas de origem vegetal para as pessoas vegetarianas ou vegans.

Comprar farinha de aveia instantânea

Na HSNstore podes comprar aveia em pó com uma ótima dissolução na hora de elaborar batidos, já que se mistura muito bem com os líquidos (água, sumo, leite, etc ) e não deixa caroços desagradáveis.

Descobre ainda a ampla gama de sabores nas que podes encontrar a aveia em pó: (Natural, chocolate, morango, baunilha, cheesecake, chocolate branco-coco, ect), que te darão muitas possibilidades na hora de fazer batidos ou recetas de pastelaria.

  A Carregar...