Açafrão crocus sativus - Regula a função imune com este ingrediente
Home / Nutrição / Plantas / Açafrão crocus sativus – Regula a função imune com este ingrediente natural
Açafrão crocus sativus – Regula a função imune com este ingrediente natural

Açafrão crocus sativus – Regula a função imune com este ingrediente natural

O açafrão crocus sativus é uma das especiaria mais utilizadas na dieta mediterránea.  Seu produto aplica-se na  medicina natural devido as suas propriedades antioxidantes, digestivas, anti-inflamatórias, imunoreguladoras, anti-espasmódicas, etc. Hoje em dia os seus bulbos são totalmente reconhecidos e têm um valor importante.

O que é o açafrão?

O açafrão é apelidado “oro vermelho” com nome científico crocus sativus, falamos dos bulbos de uma planta herbácea, monocotiledônea, pertence a família das iridaceae. Sua principal tipografia é no campo das especiarias e corantes alimentarias, como veremos seguidamente, há excepcionais atributos que proporcionam um protagonismo inusitado no campo terapêutico.

As características morfológicas do crocus sativus, uma parte epigea de um exemplar do açafrão, ou seja, a que aflora por cima da superfícies,alcança por término médio uns quarenta centímetros de altura. Suas flores, as populares “rosas do açafrão”, são volumosos e de cor púrpura ou violeta, constituída por cinco pétalas. A parte hipogea da planta, ou seja, a que desenvolve-se debaixo da terra, é o bulbo apelidado popularmente cebola, com toda sua superfície coberta pelas três túnicas denominadas perifolios. Os bulbos são o órgãos de reprodução assexual da propagação do açafrão (crocus sativus).

Especiaria

Como especiaria, a singularidade do açafrão radica em ser a única que se extrai de um bulbo da flor. Especificamente, são os três estigmas que compõem o gineceu da flor de crocus sativus os que contém as essenciais desta valiosíssima substancia vegetal

Devido ao seu valor, reside na desproporção entre a quantidade de matéria-prima(bulbos) e substancia obtida partir dela em términos de massa ou peso. Esta afirmação a confirmamos com uns dados muito reveladores :obter um kilo de açafrão em frasco exige recolher a enorme cifra de umas cem mil flores e, por outro lado, cinco quilos de estigmas frescos é o mínimo para dispor de um kilo de açafrão já disponível como espécie.E acontece que, tendo em conta o valor de suas flores, folhas e raízes,  devem ser descartadas para qualquer uso.

açafrão

 

Origem do açafrão crocus sativus

As teorias mais convincentes das suas origens encontra-se no cultivo dos bulbos do açafrão  crocus sativus na região da India de Cachemira. Ao parecer foram os fenicios que dentro dos seus circuitos comerciais pelo Mediterrâneo, introduziram os produtos na Galia, atual França , para espalhar  pelo continente europeu.

Há documentos da historia antiga que mostram detalhes significativos sobre a importância o açafrão ou crocus para aquelas civilizações.

Aparentemente, os médicos que cuidavam da saúde dos faraões prescreviam oro vermelho para combater a dor de estômago, e dentro deste âmbito digestivo, é considerado pai da medicina, Hipócrates, incentivava  tomar bulbos para as mas digestões e a dor de dentes.

Época antiga e atualidade do crocus sativus

 

Durante a Idade Media,o repertório terapêutico do açafrão ampliou a um  listado de doenças, em uns casos como tratamento e outros como paliativo, entre as que podemos falar de infeções respiratórias, escarlatina, viroela, asma,insóniaparálise nervosa, doenças cardíacas, gota, hemorragias uterinas e até transtornos da vista. Estes produtos ganharão protagonismo pela sua qualidade para o corpo.

Indicamos algumas curiosidades históricas relacionadas com pessoas célebres como Alejandro Magno e o crocus sativus, que adicionava junto com os sais de banho como medicina para curar suas feridasde guerra, a Cleopatra, que tomava banho com açafrão, mas diferente propósito: realçar sua beleza

Atualmente, os países com mais cultivo q que podem chamar se produtores de açafrão ou bulbos de crocus sativus são, Irão, que tem quase a totalidade com o 94 % da colheita mundial, são Espanha, França, Índia, Grécia, Macedónia, Marrocos, Itália e, faz pouco tempo, Afeganistão. Ainda assim, temos que ressaltar que não em todos os lugares é um produto tão caro como na Espanha e em geral na Europa, pois por exemplo no Irão tem um preço no nível do produto corrente.

Na Espanha o produto  crocus sativus (bulbos da planta) esta restringindo a região da Mancha,  o conselho  turolense do Jiloca, na localidade de Monreal del Campo onde tem um museu destinado ao açafrão, e na Catalunha.

Cultivo da semente de açafrão

O cultivo de bulbos açafrão não tem nenhuma complexidade e suporta uma grande amplitude de temperaturas , em margem aos  -10 e aos 40 ºC. Um aspeto que é mais exigente que o das características edafológicas para o crocus sativus, ao ser um bulbo precisa de um solo que seja  esponjoso e profundo, que deixe filtrar rapidamente a água.

O açafrão crocus sativus admite tanto um  solo mais argiloso-calcário como limposo para seu cultivo, mas sempre dentro de uma banda de pH perto da neutralidade, ou seja, nem ácido nem alcalino. É importante não plantar los bulbos do açafrão em terras compactas e excessivamente argilosas, pois apenas da rendimento, e se deseja cultivar mais doméstico, já seja uma horta ou em vasos, simplesmente temos que enriquecer a terra com turfa ou manta.

cultivo açafrão crocus sativa

 

Características da plantação do açafrão

É importante saber que os bulbos do crocus sativus ou açafrão, que é a parte da planta que planta exigem um acondicionamento antes de começar com a plantação. Consiste simplesmente em limpar, deixando livre a raiz e as capas grossas ; seguidamente é conveniente que os bulbos peguem sol durante alguns dias, depois devem ser guardados em pequenos conjuntos longe de toda possível humidade, entre 5 e 10 ºC e com palha, até o momento da plantação que realiza em Junho ou Julho, trabalharemos os bulbos diretamente na terra.

Os bulbos devem estar enterrados profundos  entre 10 e 15 cm, mantendo um espaço livre de aproximadamente 10 cm. Os bulbos do açafrão multiplicam com um ritmo que em ciclo trienal permite recuperar cinco por cada um plantado.

Não precisa de molhar, pois o cultivo de bulbos é seco. Simplesmente no caso de ressequía pertinaz, bastaria com molhar em Setembro para satisfazer as necessidades hídricas dos bulbos plantados de cara a colheita.

Colheita do açafrão

A colheita do cultivo dos bulbos crocus sativus  que é da segunda quinzena de Outubro e primeira de Novembro. Há dois métodos de colheita em função da quantidade de flores que devem recolher:

  • Para poucas quantidades, trata-se de praticar uma operação conhecida como escamonda. Consiste em deixar a flor fora dos bulbos, tirando dela só os três estigmas do gineceu (onde,  concentra todo o açafrão). Pode fazer por exemplo, com umas pinças de depilar ou um instrumento similar.
  • Para grandes quantidades, é preferível recolher as flores o antes possível trás abrir e, uma vez estendidas sobre uma superfície ampla, proceder a extrair as estigmas.

Bulbos de açafrão

O açafrão ou crocus sativus trata-se de uma espécie vegetal cujo o cultivo dos seus bulbos sofreu na Espanha um retrocesso  provocado pelo a caída da demanda como corante alimentar (pelo sua cor amarela natural), devido precisamente ao elevado preço que se adquire no mercado em comparação com os produtos artificiais que utiliza-se como a mesma finalidade na cozinha. Também  contribuiu a importação de preparações de menor qualidade mas muito competitivas.

bulbo açafrão crocus sativus

 

O açafrão como espécie

Esta operação constitui um verdadeiro ritual. Toma-se a precaução de colocar jornais para garantir que o encolhimento dos bulbos por dispersão seja praticamente inexistente.

Os estigmas, esse autênticos depósitos de oro vermelho, introduz em um molinho eléctrico onde coloca-se, com a finalidade de aumentar mais ou menos um pote de cubo de açúcar. Resulta um em pó muito subtil  pronto para ser colocado em recipientes fechados guardados em conserva durante anos .

Propriedades do açafrão

Desde a antiguidade, os bulbos de açafrão forram identificados como uma planta dotada de propriedades medicinais. Não é em vão que os persas e os egipcios, também de um espectacular afrodisíaco, consideravam um medicamento eficaz contra os envenenamentos e a má digestão, também utilizavam como bálsamo para aliviar os sintomas de doenças graves daquelas épocas como a disenteria ou o sarampão

Com o passar dos séculos permitiu-se aprofundar mais nos tesouros que presenta o açafrão ou o crocus sativus, tanto a nível medicinal como nutricional, que fecha esta espécie que, desgraçadamente, ara muito só é conhecida pelo alto preço que tem no mercado.

Valores nutricionais do crocus sativus

Compõem aproximadamente de um 12 % de água, 4 % de fibra solúvel, 5 % de minerais, 6 % de lípidos, 10 % de carboidratos (4 % simples e 6 % complexos) e 11 % de proteínas. Um aporte energético calculado de 3 kilocalorías por cada grama de açafrão.

Já os minerais, é especialmente destacável sua riqueza no potasio, magnésio e ferro, mas também devemos falar de quantidades apreciáveis de calcio, fósforo, manganésio, cobre, zinco e selenio.

Vitaminas

Respeito as vitaminas ressalta vitamina A (em forma de carotenoides, basicamente betacaroteno e alfacaroteno), as B1, B2, B3 e B6 ( esta última, da que é fonte excelente, com 1,01 mg por cada 100 g) e o ácido ascórbico ou vitamina C (100 g contém 80,8 mg).

A cor amarela brilhante do açafrão (produto dos bulbos das plantas crocus sativus) é devido a um glucósido do grupo dos carotenoides, a crocina, e sua aroma a outra substancia chamada açafrãonal, um óleo essencial volátil presente nos gineceu da flor. Não é o único óleo, pois a flor de açafrão é muito generosa com este tipo de substancia,  como o geraniol, o cineol ou o linalool, entre outros. Por outra parte, contém traços de flavonoides, umas substancias de grande poder antioxidante muito interessante para o organismo.

açafrão na cozinha

 

Benefícios do açafrão para o organismo

Actualmente, há sérios indícios, obtidos como consequência de solventes estudos científicos, de que os carotenoides do açafrão podem conter propriedades anti-cancerígenas e inmoduladoras, ou seja, reguladores do funcionamento da resposta imune ante agressões. Isto é devido ao seu potencial de inibição da síntese de ácidos núcleicos (ADN e ARN) nas células tumores.

Esta comprovado que o açafrão contém ingredientes que intervém decisivamente e positivamente sobre o sistema nervoso. Recentemente estúdios projectados sobre pessoas queixosas de quadros leves de depressão revelam que o açafrão exerce efeitos beneficiários como responsável do estado de animo (dos princípios activos, o safranal e a crocina, aumentam serotonina e dopamina, dos neurotransmisores no deficit parece estar a causa da depressão). Também, graças as propriedades antioxidantes dos carotenoides, resulta um alimento potenciador da memoria e a capacidade de aprendizagem. Há em marcha uma linha de investigação em base na hipóteses do poder de inibição do depósito de certas proteínas identificadas como marcadores da doença de Alzheimer.

Benefícios atribuídos aos bulbos

A crocina (bulbos do açafrão ou crocus sativus), em particular, se faz responsável de interessantes benefícios em varias áreas do organismo.

O açafrão tEM  ação hipolipemiante (diminui o nível de gorduras no sangue) e hipocolesterolemiante(redução do colesterol), cuja consequência imediata é prevenir mais as doenças cardiovasculares.

Favorece o transporte do oxigeno pelo sangue é um bom regulador da circulação; de facto, o açafrão continua sendo receitado pelos os profissionais em homeopatia para os distúrbios circulatórios.

Alivia as dores menstruais e ajuda a regular as irregularidades do ciclo menstrual entre outras a ausência da menstruação. Este efeito é devido a um aumento do fluxo do sanguíneo no nível  do útero, por isso, provoca a capacidade abortiva e anticonceptiva que é conveniente ter em conta.

  • Diminui mais a debilidade muscular efatiga general, o que em conjunto conhece como astenia.
  • O açafrão comporta como anti-inflamatório e analgésico nos tecidos dentais, assim como antiespasmódico para calmar as dores das cólicas das vísceras.
  • Como já descobriram os antigos, a planta extraída dos bulbos do açafrão crocus sativus pode ser um medicamento contra a ausência do apetite sexual.

Mais benefícios

Algumas outras manifestações favoráveis no organismo ao consumir açafrão.

  • É um broncodilatador, o que da cabida para tratar a asma em particular.
  • Fortalece o cabelo exercendo uma ação nutritiva sobre a fibra capilar.

Pela sua riqueza em potasio, regula a pressão arterial, por isso é um alimento indicado especialmente para casos de hipertensão. Além disso, contribui regulando os fluidos corporais e prever doenças degenerativas das articulações.

O açafrão tem um alto conteúdo de ferro que faz que evite a anemia ferropenica.

Do conteúdo vitamínico do crocus sativus pode extraer três aspetos:

  • Graças a vitamina A é interessante para parar a evolução da degeneração macular que pode ocasionar cegueira.
  • Abundância de vitamina B6 faz muito recomendável para os casos de diabetes e para reduzir os sintomas do túnel carpiano, além disso de ser útil para prever as doenças cardíacas.
  • A força antioxidante da vitamina C puede ajudar a reforçar o sistema imunitario e a combater o hipertiroidismo.

recuperaçao desportiva açafrão benefícios

 

Combinações com açafrão

Muito útil para inibir o apetite é uma mistura do açafrão, café verde e garcinia cambogia:

  • O extrato de açafrão é, um excelente inibidor do apetite, o qual  permite eliminar os depósitos de gordura, principalmente os do abdómen, propriedades que comparte com  café verde. É devido a uma reacção química  que estimula a libertação de serotonina, responsável pela sensação de satisfação , ao ser o açafrão hipocalórico, essa sensação  estende trás as refeições.
  • O extrato de cafeto arábigo (coffea arabica) contribui a eliminação de líquidos e contém ácido clorogénico, responsável do incremento de produção das hormonas, as incretinas, que estimulam a secreção de insulina ajudando a reduzir a glicemia depois da ingestão de alimentos (chamada glicemia pospandrial). Paralelamente, este ácido inibe a gluconeogénesis (síntese de glicose no fígado), o qual em que somar que atua como fator de remoção de dos depósitos de gorduras nas paredes artérias.
  • Finalmente, o terceiro componente da mistura, garcinia cambogia, é portador do ácido hidroxicítrico, que impede no fígado da conversão dos carboidratos em gorduras e corpos cetónicos. No nível emocional também tem repercussão, pois favorece a libertação de serotonina.

No caso de ter incómodos menstruais  sabe-se da eficácia de tomar, três vezes diárias, meio gramo de uma combinação de tradição iraniano a base de bulbos de açafrão, um extrato de sementes de salsa e erva-doce durante os primeiros três dias da menstruação.

Diversas formas de tomar açafrão

  • No chá, acalma a tosse e alivia os sintomas catarral, diluído entre meio e uma grama por litro de agua. No chá preparado com açafrão serve incluso como medicamento caseiro para tratar a psoriasis. E em situações de stress, pode ser muito  relaxantes toma uma caneca de chá á base de 2 grama de açafrão por litro de água, acompanhado de uma colher de mel.
  • Pode ser aplicado na massagem, o crocus sativus alivia a dor das gengivas, aplicando em pó ou misturado com mel Também serve como de tinta alcoólica e além disso como analgésico na época eruptiva dos dentes.
  • Na sopa, a concentração de uma grama por litro, prevêem a acidez do estômago e a má digestão.
  • O açafrão em pó, como arma para combater as flatulências e provocar a menstruação.
  • Em forma de compressa, tem cabida em caso de anemia, dor de cabeça, insónia e alterações da pele (eczemas, dermatitis…).
  • Para ajudar a combater a depressão e doença de Alzheimer, o indicado seria tomar 30mg de um extrato dos bulbos de açafrão específico ao dia.

Açafrão na cozinha

Para dar um óptimo aproveitamento aos bulbos de crocus sativus, quando usa de maneira de linhas antes de incorporar as refeições é aconselhável triturar bem e a continuação colocar na água durante uns minutos.

Com este truque consegue que traspase a cor amarelo e o sabor a sopa para que assim fique melhor repartido. Se utilizamos o açafrão em pó, pode colocar diretamente, sem ter que fazer o anterior.

açafrão especial

 

Contraindicações

É certo que fizemos claro que o açafrão está cheio de virtudes e excelências, não a perfeição na natureza e por isso há possibilita de manifestar alguns efeitos secundários como certas situações nas que, quanto menos, se desaconselha o consumo de bulbos de crocus sativus.

Efeitos secundários descritos

No começo,  trata de reações controlada, podemos de falar de quadros caracterizados por um estado ansiedade, tonturas e náuseas, boca seca que provoca transtorno no apetite e dor de cabeça.

Quando produz uma intoxicação pelo excesso de dose de açafrão ou crocus sativus aparecem quadros clínicos similar aos da maioria das intoxicações: diarreia, vómitos, forte dores  abdominais e de cabeça e até é possível ver a urina como se tivesse sangue.

Se falamos de uma sobre-dose de crocus sativus ou açafrão (que significa o consumo de pelo menos 10 gramas), pode produzir uma intoxicação mortal, que da começo com uma fase inicial alucinógena, sintomas de comportamento estranho, seguida de taquicardia, vertigens e um avance progressivo de uma paráleses do sistema nervoso central que termina com a morte.

Situações nas que está contra-indicado o crocus sativus

  • Transtorno bipolar: neste tipo de pacientes, o consumo do produto provem dos bulbos do açafrão podia desencadear excitabilidade e a conduta impulsiva.
  • As pessoas que são alérgicas a espécies dos géneros lolium (da família das gramíneas), olea (inclui a oliva) e a salsola (da familia das amarantáceas, plantas que com ventos fortes desprendem e rodam em forma de bola, recorrendo grandes distancias), também podem ser alérgicas ao açafrão.
  • Como vimos as propriedades e benefícios do crocus sativus, tem um efeito abortivo e anticonceptivo, pelo que não devem tomar bulbos mulheres que estão gravidás ou pretender estar.

Fontes bibliográficas

Artigos Relacionados com a temática:

Valoração açafrão crocus sativus

Cultivo do bulbo - 100%

Propriedades - 100%

Uso como espécie - 99%

Efetividade - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Confira também
propriedades papaia
Papaia – Conhece todas suas propriedades digestivas

As pequenas sementes pretas que encontramos na papaia são como valiosas pérolas, que nos indicam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostas do nosso HSNBlog?
HSN Newsletter
Então imagina as promoções da nossa loja.

Deixa-nos os teu e-mail e terás acesso às melhores promoções temos para os nossos clientes


aceito a política de privacidade