Citrulina Malato, melhora o teu rendimento físico Blog de Fitness, Nutrição, Saúde e Desporto | Blog HSN
Home / Suplementos / Rendimento Desportivo / Citrulina Malato, melhora o teu rendimento físico
Citrulina Malato, melhora o teu rendimento físico

Citrulina Malato, melhora o teu rendimento físico

A citrulina possui um poderoso efeito de sinalização para a segregação de óxido nítrico. Também actua em importantes processos fisiológicos. Um deles está relacionado com ser um componente no ciclo de excreção da ureia, através do qual ajuda a remover e eliminar o amoníaco e outras toxinas do sangue.

O que é a <a title=”Citrulina Malato” rel=”noopener” href=”//www.hsnstore.com/comprar/hsn-raw/citrulina-malato-em-po” target=”_blank”>cCitrulina Malato</a>?

É uma combinação do aminoácido não essencial citrulina, junto a um sal ácido, o malato. Pode encontrar-se de maneira natural em vários alimentos, tal como a melancia, melão e aqueles que são ricos em proteínas.

A citrulina é um dos três aminoácidos que participam no ciclo da Ureia, junto à arginina e ornitina. Após a ingestão, a citrulina transforma-se em arginina e é conduzida para os rins, sendo um melhor método para suplementar-se e experimentar os efeitos da arginina.

Citrulina malato

A citrulina malato foi utilizada para combater a fadiga, a debilidade muscular e até mesmo a nível psicológico, em casos de demência. Esta última consiste numa desordem mental que provoca dificuldades para pensar, falar e mover-se. O seu uso nestes casos reportou excelentes resultados.

O seu campo de utilização atualmente está centrado em tratamentos para as doenças de coração, “bodybuilding”, incremento do estado anímico, diabetes, doença de Alzheimer…

Nos últimos anos, a citrulina malato está a ser incorporada aos produtos ou suplementos de pré e intra treino, devido às suas qualidades de poder melhorar a capacidade física, assim como o rendimento desportivo do atleta.

Como é que a Citrulina Malato atua?

Aumento da produção de NO (Óxido Nítrico)

Isto é de especial interesse para todos os que praticam desporto e não só se atribui este papel à l-arginina e outras formas deste aminoácido. Como se sabe, o óxido nítrico é uma molécula de sinalização de processos fisiológicos e desencadeante de várias reações, entre outras:

  • Regulação do fluxo sanguíneo
  • Subministro de oxigénio
  • Captação de glicose
  • Recuperação e regeneração muscular

O facto de poder começar com este tipo de efeitos faz com que o óxido nítrico seja de especial interesse dos desportistas

Os novos produtos pré-treino, que incorporam l-arginina, já vão juntando citrulina malato, posto que esta eleva os próprios níveis de arginina no plasma sanguíneo de maneira endógena, sendo o mais surpreendente, que os eleva mais alto que a própria arginina.

Treinamento explosivo

Reduz o ácido lático e o amoníaco

A citrulina malato intervém no ciclo da ureia, que é um processo que ocorre no fígado e que o organismo realiza para excretar produtos residuais, convertendo o excesso de nitrogénio em ureia, para ser eliminada.

Mediante esta excreção consegue-se eliminar o amoníaco e metabolitos tóxicos de nitrogénio. O amoníaco é extremamente tóxico para as células e em níveis elevados pode ser crítico. Mesmo em atletas saudáveis e treinados, um nível alto de amoníaco pode conduzir-los para a fadiga extrema. Do mesmo modo, pode-se ver reduzida a criação de glicogéno e inibir o ciclo energético.

Tudo isso se produz ou maximiza devido ao exercício físico, sobretudo a alta intensidade. Por outro lado, neste cenário, também terá lugar a geração de ácido lático, devido ao caráter anaeróbico da atividade (deficit de oxigénio). O corpo começa a segregar este ácido, que serve como mecanismo de auto proteção do corpo, para proteger os músculos.

Se mantemos a intensidade, sem ir alternando períodos de recuperação suficiente para que dê tempo para a entrada de oxigénio às células e se possa ir diminuendo o ambiente ácido, a atividade física poderia ter que terminar, ou reduzir o nosso rendimento desportivo 🙁

Citrulina e intensidade

A capacidade de aumentar o limite ou tempo nesta alta intensidade pode-se treinar para ir melhorando a nossa condição de atleta. Um dos parâmetros que pode medir esta qualidade é o VO2 max.

A citrulina malato pode desempenhar um papel destacado no processo de acidose muscular gerado pelo esforço a alta intensidade, propiciando a “reciclagem” do ácido lático e piruvato, e assim, a utilização tal como fonte energética imediatamente durante o exercício da substância de resíduo.

A citrulina malato poderá:

  • Melhorar o rendimento físico
  • Eliminar produtos de resíduo metabólico
  • Acelerar a recuperação

Aumenta a regeneração de ATP

Outro grande beneficio será no tema energético e, concretamente, em esforços de alta intensidade e curta duração. Quando o nosso treino se baseia neste tipo de esforços, as reservas dos depósitos energéticos referidas à fosfocreatina diminuem drasticamente. A sua posterior recuperação e, sobretudo, a velocidade na que se deveria produzir, é essencial para manter uma performance adequada. Isto acentua-se se treinamos muito assiduamente e pretendemos melhorar circunstancialmente as nossas capacidades.

A citrulina malato assiste no ciclo de Krebs, no que se refere ao método no qual o organismo obtém energia a partir de glúcidos e ácidos gordos, obtendo o ATP. Enquanto exista um aporte suficiente de ATP durante o exercício físico, o rendimento não decrementará, pelo que é um ponto vital para manter a performance e para que não encontremos “o muro”, sendo obrigados a parar.

pular a corda

Quando tomar a Citrulina Malato?

A melhor forma de uso é com o estômago vazio.

Como a utilização desta substância eleva os níveis de arginina, seria muito recomendado tomar ambos produtos de maneira conjunta.

Outras tomas opcionais, para incrementar os níveis de citrulina malato seria ou ao levantar ou antes de dormir.

Outro facto é que a citrulina eleva os níveis do aminoácido ornitina e, portanto, tomar arginina + citrulina malato + ornitina, antes de dormir, induz o aumento da concentração da citrulina e, por outro lado, potencia a segregação da hormona do crescimento.

Que quantidade de Citrulina Malato tomar?

A dose mais baixa seria tomar 1000mg de citrulina malato 3 vezes por dia junto às refeições, para conseguir 3gr por dia. Com isso começaríamos a sentir alguns dos efeitos, sobretudo a nível de saúde circulatória e possível melhoria da disfunção eréctil.

Para melhorias ergogénicas, isto é, melhoria do rendimento, a dose estaria compreendida dentro do intervalo de 6-8gr diárias, tomando a maior quantidade antes do exercício (uns 45min antes), e até mesmo dividindo-a durante o mesmo.

Os resultados serão apreciáveis, em grande parte, passados uns 10-15 dias, no que se refere ao rendimento

Conclusões

A citrulina malato está de actualidade devido às características que lhe são atribuídas, focadas para melhorar o rendimento desportivo. Qualquer atleta que se preze, busca sempre a forma de conseguir melhorar em todas as áreas que lhe sejam possíveis. Para isso, planifica os teus treinos, realiza sessões intensas, mantém uns hábitos de acordo a esta estrutura…

Neste ponto, o uso das substâncias (legais) que propiciam um aumento do rendimento, partindo sobretudo, de uma base firme e com bastante experiência, pode resultar muito interessante. Além de que dentro do treino, a fase de recuperação é vital para assimilar os treinos e e para que haja adaptação e conseguinte melhoria, adicionar esta substância, que acelere os mecanismos de recuperação física é de ter em consideração.

Assim, poderíamos adicionar aos elementos de melhoria de rendimento, a citrulina malato, ficando à disposição do usuário final o uso de cada uma destas substâncias, tanto de maneira isolada, ou em combinação, produzindo efeitos sinérgicos: Beta-Alanina e Creatina

Fontes

  • Callis A, Magnan de Bornier B, Serrano JJ, et al. Activity of citrulline malate on acid-base balance and blood ammonia and amino acid levels. Study in the animal and in man. Arzneimittelforschung . 1991;41:660-3.
  • Br J Sports Med 2002;36:282-289; doi:10.1136/bjsm.36.4.282
  • Rau´ l Besco´s, Antoni Sureda, Josep A. Tur. The effect of nitric-oxide-related supplements on human performance. Sports Med. 2012;42(2):99-117.
A citrulina possui um poderoso efeito de sinalização para a segregação de óxido nítrico. Também actua em importantes processos fisiológicos. Um deles está relacionado com ser um componente no ciclo de excreção da ureia, através do qual ajuda a remover e eliminar o amoníaco e outras toxinas do sangue. O que é a <a title="Citrulina Malato" rel="noopener" href="hsn-raw/citrulina-malato-em-po" target="_blank">cCitrulina Malato</a>? É uma combinação do aminoácido não essencial citrulina, junto a um sal ácido, o malato. Pode encontrar-se de maneira natural em vários alimentos, tal como a melancia, melão e aqueles que são ricos em proteínas. A citrulina é um dos…
Apreciação Malato de Citrulina

Melhoria no rendimento

Melhoria na recuperação

Ganhos de força

Redução do ácido lático e amoníaco

Recarga de ATP

HSN Evaluação: 5 /5
Confira também
beta-alanina
Beta-Alanina, Tudo o que precisa saber!

Índice1 O que é a Beta Alanina?1.1 Quem pode se beneficiar da Beta Alanina?1.2 Efeitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostas do nosso HSNBlog?
HSN Newsletter
Então imagina as promoções da nossa loja.

Deixa-nos os teu e-mail e terás acesso às melhores promoções temos para os nossos clientes


aceito a política de privacidade