▷ Glúten - Sintomas de Intolerância【HSN Blog】
Home / Saúde e beleza / Bons hábitos / Os Sintomas da intolerância ao Glúten
Os Sintomas da intolerância ao Glúten

Os Sintomas da intolerância ao Glúten

Os sintomas de intolerância são muitos e um simples exame médico não é suficiente para comprovar se uma pessoa tem intolerância ao glúten.

Os resultados, costuma ser, negativos embora os sintomas continuam manifestando. Há muitas pessoas que são sensíveis ao glúten e não sabem, e pensam que os seus problemas de saúde é devido a outras patologias.

Se queres saber se és sensível ao glúten, presta atenção a estes seis signos do teu corpo, que costumam estar associados a esta patologia.

Glúten e Transtornos de Saúde

A sensibilidade ao glúten pode manifestar-se de forma muito diferente. Na maioria dos casos podem produzir-se diversos transtornos de saúde, como indigestão, dor de cabeça, falta de concentração ou, incluso, sobrepeso. A intolerância ao glúten não é uma patologia que os médicos não prestam muita atenção quando fazem os seus diagnósticos habituais. doença celiaca

Muitas pessoas manifestam problemas de sensibilidade ao glúten na sua vida quotidiana, sem suspeitar que sofrem a intolerância.

Indigestão e Sensibilidade ao Glúten

Em muitas ocasiões, depois de anos de sofrendo transtornos de indigestão, muitos pacientes recebem o diagnóstico de intestino irritável, que costuma estar associado com diversos problemas de saúde complexos que em ocasiões que ocultam uma alergia ao glúten. Outro dos sintomas podem ser a enxaqueca, a depressão e a dificuldade para conciliar o sono.

Fibromialgia e Glúten

Nos casos mais graves, os ataques de enxaqueca e a dor sem motivo pode chegar a confundir com a doença da fibromialgia, com o problema que pode supor tomar a medicação prescrita para esta patologia que costuma ser anti-depressivos, analgésicos e comprimidos para dormir. Com os perigosos efeitos secundários que isto implicam.

sintomas sensibilidade gluten

Os sintomas a sensibilidade ao glúten podem afectar tanto ao sistema digestivo, como a outros transtornos da saúde, como dor de cabeça  o enxaqueca

Análise Sensibilidade ao Glúten

Quando em casos como este pedes ao médico um analise de sangue para valorar a intolerância ao glúten pode acontecer que os exames derem o resultado negativo. Embora, nestes casos deve seguir uma dieta sem glúten, e evitar consumir alimentos com trigo ou glúten, quando leva algum tempo pode observar que o intestino irritado alivia-se consideravelmente, desaparece a enxaqueca, dorme-se melhor, e, depois de quatro semanas, o sistema digestivo funciona melhor.

Exames de Intolerância ao Glúten

Os exames que realizam habitualmente para descobrir a alergia ao glúten somente limitam-se a avaluar uma única “substância”, normalmente a que faz referência a gliadina do tipo alfa ou beta (esquecendo o tipo gamma e ómega). Devido que o glúten engloba também estas substâncias, as mesmas que podem causar reações adversas.

Em consequência, é possível sofrer intolerância ao glúten e que os exames médicos deem um resultado negativo.

alimentos glúten

O aparecimento de certos sintomas, ao comer alimentos contendo trigo, pode indicar sensibilidade ao glúten ou alergia

Sintomas Doença Celíaca

O diagnóstico da doença celíaca é bastante seguro, pois que para diagnosticar a doença celíaca realiza um exame de biopsia e de marcadores de sangue, cujos sintomas são muitos videntes: diarreia, dor abdominal, perda de peso e falta de nutrientes.

Sintomas Sensibilidade ao Glúten

Inclui: na indigestão, a dor de cabeça, cansaço, transtornos do sono, dificuldade de concentração, ADHD, ADD, sintomas do autismo , mudanças de humor, tonturas ou sobrepeso. E também pode causar ou desencadear doenças auto-imunes entre as que se incluem, por exemplo, a doenças de Tireoidite crónica ou a artriti reumatica.

alergia-trigos

A alergia ao trigo acontece quando o organismo, erroneamente, reconhece a proteína de trigo como um invasor capaz de causar algum tipo de trauma ou dano.

Alergia ao Trigo

A alergia ao trigo costuma manifestar-se com problemas de saúde desde a infância. Por outra parte, o trigo contém outras proteínas, além disso do glúten, que também pode causar alergia. Entre seus sintomas: desde eczemas até a epilepsia.

Exames Alergia ao Trigo

O diagnóstico realiza mediante aos exames de anticorpos IgE típicas das alergias. Os signos típicos geralmente manifestam aos poucos minutos de consumir o alergénio correspondente, neste caso o trigo.

sensibilidade gluten

No caso da sensibilidade ao glúten, os signos podem demorar vários dias em manifestar-se, pelo que para os médicos é mais difícil reconhecer a alergia do paciente.

Sensibilidade ao Glúten sem Saber

A doença celíaca e a alergia ao trigo são fenómenos pouco frequentes. Enquanto que os signos da doença celíaca são claros, os da sensibilidade ao glúten são mais difusos, pelo que podem afectar a muitas pessoas, que desconhecem que padecem esta patologia, devido aos seus sintomas são similares a outras doenças.

Seis Sintomas de Intolerância ao Glúten

Para ajudar a reconhecer os signos da intolerância ao glúten, descrevemos a continuação seis sintomas mais frequentes de sensibilidade ao glúten, que podem ajudar-te no momento de saber se sofres esta intolerância. Em alguns casos, estes signos manifestam durante umas horas, em outros casos permanecem durante semanas e, em outros, mais graves passam a ser crónicos.

1. Indigestão

Incluímos também a distensão abdominal, inchaço e cãibras abdominais, prisão de ventre e diarreia. Os médicos costumam fazer o diagnóstico do síndrome de intestino irritável quando apresentam-se estes signos ou não encontra nenhum causa física pelo qual é produzida.sintomas intolerancia gluten

O sintoma mais frequente da intolerância ao glúten é a indigestão.

2. Enxaqueca e depressão

Parece que existe certa relação entre os alimentos e os transtornos de saúde, como a enxaqueca ou dores de cabeça, está produz-se regularmente nos pacientes que são propensos a flutuações dos níveis de açúcar no sangue quando tomam alimentos que contém muito açúcar .O mesmo acontece com os pacientes sensíveis aos alimentos ricos em histamina (queijo curado, vinho, peixe fumado, etc.) ou aqueles que não toleram bem a cafeína.

O livro A síndrome do glúten: uma doença neurológica, escrito pelo dotor Rodney Ford, chefe da unidade de Gastroenterología e alergias do Hospital de Nova Zelândia, no diz  “que o glúten, tanto no caso dos pacientes com doença celíaca como nos que tem intolerância ao glúten danifica o sistema nervoso e pode desencadear sintomas neurológicos”. No livro pode ler textualmente o seguinte:

“O glúten causa uma reação combinada entre os anticorpos, a doença do soro e o dano neurológico. Este dano pode manifestar se em um desequilibro do sistema nervoso autónomo nas ataxias cerebelosas (transtornos do movimento que tem a sua origem no cérebro), hipotensão (pressão arterial baixa) e problemas de desenvolvimento e transtornos do aprendizado nas crianças e sintomas de depressão, enxaqueca e dor de cabeça”.

“É inútil tratar de explicar os danos intestinais concretos que sofrem as pessoas sensíveis ao glúten, mas sabemos que o culpado é o gluten. depressão gluten

Vários estudos demonstraram que a intolerância ao glúten é uma doença que pode causar dor de cabeça e transtornos neurológicos.

Se queres mais informação sobre a relação entre glúten e sua afeção ao cérebro, clica no link.

3. Formigueiro e dormência nos braços e pernas

Os sintomas como a tontura, a perda de equilibro e debilidade muscular, formigueiro ou dormência nos braços e as pernas indicam alterações no sistema nervoso e, por isso, pode ser por uma intolerância ao glúten.

4. Doenças auto-imunes

doença digestiva

Algumas doenças auto-imunes, como a Tireoidite crónica ou a artrite reumatoide, podem indicar uma sensibilidade ao glúten ou podem agravar os signos destas doenças

5. Fibromialgia

A fibromialgia não é uma doença, mas sim um sintoma muito complexo cuja causa desconhece. Ao igual que acontece com a síndrome do intestino irritável, o diagnóstico da fibromialgia em ocasiones produz porque os médicos não encontram nenhuma explicação aos sintomas que se queixa o paciente.

O  término “fibromialgia” deriva de “Fibro”, que significa tecido conectivo; “Myo” que significa músculo; e “Algia” que significa dor.

Como podemos descobrir se os seus sintomas podem derivar de uma intolerância ao glúten?

O único modo consiste em mudar a dieta e comprovar se excluindo o glúten os sintomas diminui, sem necessidade de antidepressivos, relaxantes musculares e analgésicos.

Estudos em pacientes de fibromialgia

Num estudo clínico realizado em 2005 sobre pacientes que sofrem fibromialgia demonstrou a relação entre o síndrome da fatiga crónica e a intolerância alimentaria. A conclusão foi que uma maior deposição de anticorpos IgG, típica de pacientes com fibromialgia, pode dever-se a as alergias frente aos alimentos, que, em todo caso, demonstrou-se que agrava o seu estado.

A medicina convencional também admite a conexão entre os anticorpos IgG e certas doenças crónicas, mais não proporciona uma mudança na dieta que pode resolver este problema.

Procedimento do estudo

Durante este estudo, foram estudados 68 pacientes que sofrem de fibromialgia durante 10 anos. Depois de 8 semanas, que eliminou-se da dieta destes pacientes os alimentos com glúten, só o 25% deles experimentaram dor muscular, no principio do estudo esta dor sofriam o 66%. Inicialmente, o 63% dormiu muito mal, e depois de 8 semanas de uma dieta sem glúten, só padeceu o 22%. No inicio, o 54% manifestavam dor nas articulações e, depois das 8 semanas, só padeceu o 29%.

Conclusões do estudo

Nos estudos os pacientes não só tinham uma dieta livre de glúten mas também eliminaram outros alimentos que pessoalmente eram problemáticos para eles em função da seu exame de IgG. Embora, que o glúten é uma dos alergénios mais comum, vale la pena – especialmente no caso das pessoas que realizaram nenhum test IgG- seguir inicialmente uma dieta livre de leite e de glúten.

Depois do estudo o resto dos sintomas, como a enxaqueca, a depressão, bexiga irritável,  dor nas costas, a menstruação dolorosa, a sensação de formigueiro, o dormência nos pés, a tinnitus, as mucosas secas, e as mãos, pés ou cara inchadas melhorou consideravelmente

6. Fatiga constante

Algumas pessoas sofrem de cansaço constante, podendo ser um diagnóstico el síndrome da fatiga crónica (SFC). Ao igual que acontece com a fibromialgia, os signos da fatiga crónica são muito complexos. Para a medicina alternativa o SFC (Síndrome da Fatiga Crónica) não é uma doença mas sim um conjunto de signos cuja causa desconhece.

Glúten e Cansaço

O estudo clínico que destacamos anteriormente, o 60% dos pacientes tem cansaço durante o dia e o 42% sofria debilidade. Depois suprimir o glúten da sua dieta, depois de 8 semanas, só o 22% sentia cansaço e o 17% debilidade.

cansaço gluten

O cansaço constante é um desses sintomas que podem desaparecer mais rapidamente nos casos de intolerância ao glúten, uma vez que o elimina da sua dieta

Sofres Sensibilidade ao Glúten?

Se sofres um ou mais sintomas referidos, tanto de forma continua como intermitente, e consumes habitualmente alimentos que contém glúten, cabe a possibilidade de que o teu corpo tenha intolerância ao glúten.
sintomas gluten

Pode que experimentes outro tipo de sintomas diferentes aos que referimos que podem ser devido a tua intolerância ao glúten

Como averiguar se és Intolerante ao Glúten?

Evita comer durante 60 dias todos os alimentos que possam conter glúten. Para isso, não é suficiente com deixar de comer pão e pasta que contenha glúten. Lembra que o glúten também figura como aditivo alimentar em muitos produtos processados. Por isso lê atentamente as etiquetas dos alimentos que compras e se vais a um restaurante, tens que pedir um prato que não contenha glúten.

alergia pãoÉ possível que seja difícil desistir dos alimentos que você normalmente come, e você pode até acreditar que o pão integral é sempre muito saudável. 

Resultados do exame de Intolerância ao Gluten

Se depois da prova continuas com os mesmos sintomas, o mais provável é que não tenhas intolerância ao glúten (a não ser que tenhas continuado consumindo produtos processados que contenham glúten).

Pelo contrario, depois do exame, observas que os sintomas desapareceram, o mais provável é que  tenhas intolerância ao glúten, pelo  que é aconselhável que adoptes uma dieta livre de glúten.

Dieta Livre de Glúten

Exclui todos os produtos derivados dos cereais, como: o trigo, o centeio, a cevada, a espelta, e o kamut, a aveia, ou o farro. Lembra que muitos produtos processados podem conter glúten,  como acontece com as sopas instantâneas, os molhos, para saladas, barrinhas de chocolate e muito mais.

exame dieta sem gluten

Tenha cuidado e olhe para as informações nutricionais, para verificar os ingredientes de cada produto

Cereais Sem Glúten

Entre os cereais sem glúten devemo incluir: o painço, o teff (um tipo de painço), o arroz e pseudocereais como a quinoa, o amaranto e o trigo sarraceno.

Pão Sem Glúten

pão ezequiel

O Pão Ezequiel é um tipo de pão que pode elaborar em casa utilizando os cereais sem glúten

Alimentos Sem Glúten

Entre os produtos que não contém glúten e que podes consumir com tranquilidade estão os seguintes: quinoa, trigo sarraceno, painço, amaranto, arroz, milho, junça, castanhas, teff, farinha tuerca, amendôas e flocos de painço.

quinoa sem gluten

A quinoa é uma alternativa ao trigo para as pessoas celiacas.

Pequeno-almoço Sem Glúten

Um exemplo deste pequeno-almoço delicioso livre de glúten que podes preparar com farinha de castanhas com salsa de frutos frescos e afrutados e crocrante.

Pequeno-almoço sem Glúten

Para começar o dia com toda a vitalidade que necessitas, oferecemos esta receita sem glúten.

Tipos de receita
  • Tempo de preparação: 8 minutos
  • Tempo de cozinhado: 20 minutos
  • Tamanho da porçao:1 Tigela
  • Número de porçoes:10
  • Estilo de cozinha: Americana
Ingredientes
  • 2 chávenas de farinha de castanhas
  • Mais ou menos 80 ml de bebida de amêndoas quente
  • ½ chávena de frutas secas (passas, figos picados, ameixas, etc.)
  • 200 gramas picadas de frutas frescas de temporada
  • 1 chávena de pasta de amêndoas
  • 50 gramas de bagas ( arando ou amoras)
  • 2 tâmara sem osso
  • ½ sumo de laranja
  • Copos de chufa sem glúten
Informação Nutricional por porção
Calorias:135kcal
Gorduras:0,9g
das quais saturadas:0,2g
Carbohidratos:30g
dos quais açúcares:14,4g
Fibra:3,5g
Proteinas:1,5g
Sal:0,01g
Preparação
  1. Misturar a farinha de castanhas e os frutos secos com o leite de amêndoas quente e deixar cozinhar uns minutos.
  2. Depois misturar a fruta e a pasta de amêndoa.
  3. Fazer uma como se fosse marmelada com as bagas, as tâmaras e o sumo de laranja com o liquitificador e colocar sobre a mistura a farinha da castanha até que se misture tudo.
  4. Adornar com canela, baunilha ou gengibre.
Este pequeno-almoço contém ácidos gordos saturados e proporciona grande quantidade de nutrientes e substâncias vitais para o corpo. Podes armazenar para tomar em dias sucessivos.

Fontes Bibliográficas

Artigos Relacionadas

Valoração Sintomas Intolerância ao Glúten

Transtornos de Saúde - 100%

Exame de Intolerância - 99%

Seis sintomas - 100%

Muda a tua dieta - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Confira também
educação alimentar
Importância da Educação Alimentar nos Primeiros Anos

Índice1. Quem são os Responsáveis da Educação Alimentar das Crianças?2. Como Manipula a Industria na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostas do nosso HSNBlog?
HSN Newsletter
Então imagina as promoções da nossa loja.

Deixa-nos os teu e-mail e terás acesso às melhores promoções temos para os nossos clientes


aceito a política de privacidade