Harpagofito - Propriedades e Benefícios da Garra do Diabo Blog de Fitness, Nutrição, Saúde e Desporto | Blog HSN
Home / Nutrição / Plantas / Devil’s Claw – Propriedades e Benefícios da Garra do Diabo
planta harpagofito

Devil’s Claw – Propriedades e Benefícios da Garra do Diabo

Se falamos de uma das plantas cujas origens estão ligadas ao mais profundo da África Subsariana, especificamente a área ocupada pelo deserto do Kalahari no que é agora a Namíbia, que é o unha do diabo.

O que é a Unha do Diabo?

Harpagophytum procumbens, que é sua nomenclatura em chave científica, talvez seja mais familiarmente conhecido como garra ou unha do diabo (Devil´s claw em inglês), cujo fruto pode alcançar os 20 cm de longitude. Em ocasiões se lhe conhece também como raiz de Windhoek apelando a sua origem geográfica.

Sobre a justificação da denominação diabólica com que se conhece, duas lendas paralelas circulam: por um lado, pelo aparecimento de projeções naturais no estilo de ganchos a partir dos quais é fornecida a sua fruta e, por outro, pelo fato de aparecer em muitos animais, por parte dos indígenas das zonas autóctones, pregar as suas garras, especialmente nas costas, produzindo uma dor intensa que os força a contornar-se como se dançassem ao som da “dança do Diabo”.

A estrutura da unha do diabo está dividida nos que podemos chamar a raiz primaria, que é de figura tuberosa e ampliada, são umas raízes secundarias, também com aspecto de tubo, que se ramificam a partir daquela e são de una clara semelhança com os amendoins. Nesta última, dotadas de um sabor intensamente amargo, é para a que cabe atribuir o efeito medicinal de tratamento desta planta.

A unha do diabo é uma planta herbáceo fanerógama (chama-se assim as que tem vasos condutores de seiva e produzem sementes), de folhas persistentes, que está enquadrada dentro da família Pedaliaceae, para pertencer também, por exemplo, o gergelim. As suas folhas são firmes e carnosas, e as suas flores, de uma tonalidade rosácea.

Os tubérculos são moles e a sua polpa, cor branca-amarelada, caracteriza-se pelo seu problemas de amargura. Pelo seu elevado conteúdo aquoso, que alcança quase os 90 %, devem secar-se mediante a sua fragmentação para a sua desidratação, depois da qual converte-se em bocados endurecidos de cor pardo e de perfil curvo, deixando o seu sabor amargo.

A raiz deste arbusto, que pode chegar a prolongar-se incluso mais de metro e meio, já foi empregar desde muito tempo pelos nativos do sudoeste africano e da ilha de Madagáscar para calmar as dores de parto e aproveitar algumas das suas outras virtudes terapêuticas.

Uma particularidade determinante da fisiologia deste arbusto é a sua elevada resistência para as condições meteorológicas e para as pragas, respeito a outras plantas, no qual é devido para a produção de uma substancia que a faz resistir as elevadas temperaturas, os ataques de parasitas próprios dessas zonas desérticas e a acção dos raios ultravioleta.

No dia de hoje, a unha do diabo é um dos produtos altamente protegidos em Botswana, República de Sul-africana e Namíbia, de maneira que a sua colheita e exportação estão submetidas a fortes controlos e limitações, sendo incluída na lista do CITES (Convenção sobre o Comercio Internacional de Espécies Armazenadas de Fauna e Flora Silvestres).

Harpagofito como utilizar

Principais componentes da unha do diabo

A unha do diabo apresenta a sua riqueza em compostos de diversas propriedades terapêuticas que melhoram a saúde que se vejam potenciados com outros princípios ativos gerados por esta planta, que faz desta substancia segregada pela unha do diabo em verdadeiro tesouro dentro do vasto campo da medicina natural, como confirmam varios especialistas sobre esta matéria.

Não é em vão, no inicio do século passado abriram-se linhas de investigação que deram como colofónia o descobrimento de cerca de cinquenta compostos orgânicos com actividade biológica para reduzir as dores e problemas de saúde, sendo maioritários os pertencentes ao grupo dos irioides, e dentro deles os glucósidos monoterpénicos, que representam cerca de um 3 % sobre a matéria seca da planta unha do diabo. E entre isso, o maior protagonismo é para harpagósido, principio activo que faz incluído na farmacopeia eu digno merecedor dos títulos de responsável máximo das propriedades curativas da Harpagophytum procumbens, e de melhor anti-inflamatório extraído de uma planta medicinal.

O harpagósido é responsável de eliminar os problemas de dor relacionados com a inflamação e melhorar de uma forma eficaz a saúde mediante um tratamento natural.

Devido à demanda maciça hoje das propriedades da unha do diabo entre os remédios naturais, quase sem limites geográficos, gradualmente foi introduzida por alguns anos o seu cultivo organizado buscando uma produção vegetal que seja suficiente para sustentar as necessidades industriais dos laboratórios que fabricam as diversas apresentações.

Podemos fazer uma recolha de forma segregada das diferentes substancias que entram em jogo na hora de configurar o poder medicinal da unha do diabo, com sorte que podes dizer que as substancias para as quais este deve o seu poder terapêutico são:

  • Glucósidos do tipo iridoide: harpagósido ou harpagina, procúmbido, harpágido e ácido cinámico livre, entre outros.
  • Glucósidos fenólicos: acteósido, verbascósido e isoacteósido.
  • Fitosteroles: beta-sitosterol e estigmasterol.
  • Esterois livres e esterificados.
  • Flavonoides, como o kenferol.
  • Ácidos triterpénicos, como o oleanólico.
  • Estaquiose (açúcar composto de frutose, glucose galactose).
  • Ácido cafeico.
  • Aceites essenciais aromáticos..

Comprar Extrato de harpagofito on-line
EXTRATO DE HARPAGOFITO
Procede do extrato de uma planta chamada Harpagophytum procumbens e contribui ao conforto digestivo e o apetite.
COMPRAR

Não vamos abandonar essa menção sem especificar que os glucósidos são entendidos como aquelas formações de glúcidos (substâncias formadas por cadeias de átomos de carbono, oxigênio e hidrogênio, também chamadas de hidratos de carbono), cuja reação química com água libera os compostos que garantem fora do harpagofito a sua resistência e desenvolvimento nesse ambiente extremamente hostil.

O grupo de princípios ativos que foi denominado iridoides (e também conhecemos como glucoiridoides) se distingue por produzir a inibição de umas das principais substancias que intervém no processo inflamatório, as prostaglandinas; este efeito é logrado reduzindo a permeabilidade das membranas celulares e impedindo a acção da enzima sintetasa-prostaglandina.

Esta planta medicinal tem conhecida por uma notável variedade de acções beneficias para o organismo entre as que, o título de resume, poderíamos citar acção eupéptica, digestiva, anti-inflamatório, analgésico, colerética, depurativa, antipirética, antidiabética, estimulante do apetito, hipoglucemiante e antioxidantes. A unha de diabo, de uma forma ou outra, é uma das plantas mais solicitadas por reduzir a dor nas costas.

Pode ser usado em associação as unhas do diabo com outras substâncias para melhorar mutuamente as suas propriedades, como é o caso de produtos que contenham ácido hialurônico ou colagénio, ambos reconhecidos como estimulantes com propriedades regenerativas de tecidos celulares, especialmente cartilagem e tecido conjuntivo. Para tomar unha do diabo com outras substâncias, é necessário conhecer os efeitos colaterais e as contra-indicações da unha do diabo.

Especificamente, a sinergia resulta no fato de que da unha do diabo, como explicamos anteriormente, diminui a dor relacionada à inflamação, ao mesmo tempo em que o ácido hialurónico se comporta na matriz extra-celular como estímulo para aumentar a taxa de divisão celular dos fibroblastos. , que são as células que ocupam a maior parte do tecido conjuntivo, suspensas numa matriz de colagénio que produzem. Por tudo isso, os benefícios extraordinários são derivados não só na elasticidade e firmeza dos tecidos moles, mas também na cápsula senovial das articulações.

Outra função altamente avaliada da unha do diabo, em parte, ligada ao contexto de saúde articular, é o aumento da diurese, pois leva a uma melhor facilidade para a excreção do ácido úrico excedente no sangue e a influência é conhecida na informação de altos níveis deste composto na deterioração da integridade da articulação pelo fenómeno da cristalização que o afeta (portanto, geralmente é usado como uma das plantas com melhor efeito relaxante para as dores intensas características da gota ). Dito isto, é claro, por sua vez, sua capacidade de atuar como agente depurativo do corpo, porque, como contribui para a excreção de urina, faz isso com uma grande quantidade de substâncias tóxicas através da urina, agindo simultaneamente como uma arma preventiva, uma longo prazo, cólica renal.

A unha do diabo como agente anti-inflamatório, sua propiedade mais rutilante

A Real Farmacopeia Espanhola define a raiz da unha o diabo como o conjunto das raízes secundarias tuberosas, uma vez cortadas e secas, da espécie Harpagophytum procumbens, especificando que o conteúdo mínimo harpagósido deve alcançar ao menos um 1,2 %, calculado em base a peso de droga seca.

Devido à sua tripla ação anti-inflamatória, analgésico e anti-reumática, uma preparação formulada com uma planta de unha do diabo geralmente é um bom remédio com propriedades medicinais para tratar a dor muscular-reumática, tendinites, lumbosciática e os efeitos causados por degeneração ou inflamação das articulações, isto é, osteoartrite e artrite-osteoartrite. Nestes casos, o tónico é muito bem tolerado pelo organismo e sempre contribui e tem propriedades medicinais em maior ou menor medida para combater os efeitos dessas alterações orgânicas. A unho do diabo é uma das plantas mais usadas como anti-inflamatório natural em nossa sociedade.

Pela sua parte, a Agência Alemã da Saúde se pronunciou a favor do uso da raiz da garra do diabo como um dobro da finalidade com benefícios analgésicos e anti-inflamatórios em desportistas, os que assiduamente são afectados por episódios de dores articulares que afectam maioritariamente o joelhos, tornozelos e ombros, assim como nos processos mais ligados para o trauma muscular (tendões e ligamentos), que também são frequentes neste colectivo.

Por outro lado, é interessante, como informação adicional, ter em conta que estes últimos elementos anatómicos, isto é, músculos, tendões e ligamentos, exercem uma tração mecânica sobre as cápsulas sinoviais das articulações que podem desenvolver inflamação nestes. Nestas situações, a unha do diabo é uma das plantas com mais propriedades para a saúde humana, que oferece um recurso natural interessante para mitigar essas afeições melhorando a recuperação nas sessões de reabilitação, no qual deve unir-se o alivio derivado da sua acção analgésico, pois trata-se de tecidos muito ricos em terminações nervosas que produzem bastante dor.

Remédio anti-inflamatório devil's claw

Os fundamentos bioquímicos foram muitos descritos bioquimicamente desta propriedade e sobre o mecanismo de acção mediante o qual levam a término, outorgando as maiores probabilidades para estas duas vias de inibição:

  • Da síntese de algumas das substancias que atuam como mediadoras da inflamação, em concreto as prostaglandinas PGE2 e o óxido nítrico.
  • Da liberação das citocinas estimulantes das reacções inflamatórias que maioritariamente são intetizadas por linfócitos e macrófagos (dos estirpes de glóbulos brancos), como as interleuquinas IL-1, IL-2, IL-6 e IL-8.

A actividade anti-inflamatória da unha do diabo apoia-se sobre todo numa combinação de componentes: a unha do diabo, o verbascósido e o 8-p-cumaroilharpágido ou simplesmente harpágido. Quanto para os compostos fenólicos e os flavonoides pode dizer-se que repercutem favoravelmente no labor antioxidante de certas enzimas, contribuindo para limitar a reacção em cascata de formação dos radicais livres nas membranas celulares, com a conseguinte diminuição dos risco de dano celular irreparáveis.

Diferentes estudos científicos chegaram para a conclusão de que a eficácia das diversas apresentações de produtos de unha do diabo em tratamento de transtornos reumáticos é semelhante para os anti-inflamatórios não esteroides de síntese (em siglas, AINEs), como por exemplo o ibuprofeno ou o naproxeno. É admissível incluso a combinação de ambos planeamentos, o natural, derivado das plantas, e o sintético, para optimizar a eficácia.

Para alcançar a máxima eficácia na saúde em casos de artrite reumatoide, artrose em fase incipiente e dor por gota, todo preparado deve conter ao menos 9 mg do harpagósido, por ser o elemento com maiores propriedades anti-inflamatórios, e o tratamento à base desta planta prolongou-se entre dois e três meses.

Usado com a finalidade de amortecer os intensas dores que levam à osteoartrite e à doença da cartilagem é necessário exceder 50 mg de planta de harpagósido diariamente combinada com 90 mg de glucósidos iridoides. Ambos princípios activos também respondem muito bem em sinergia com o ácido hialurónico ou o sulfato de condroitina.

Não são poucos os estudos que aportam informação sobre a unha do diabo e que comparado a eficácia a garra do diabo como medicamentos usuais em tratamentos de Osteoartrite e Lumbago. Por exemplo, sabemos que 60 mg/da de harpagósido durante 4 meses vem a surtir o mesmo efeito que 12 de rofecoxib neste caso da lombalgia, no entanto, por sua parte, 57 de harpagósido fazem às vezes de 100 mg/dia de diacereína quando falamos de artrose de quadril e joelho em tratamentos gual.

Como ilustração, podemos acrescentar que, no início deste século, Laudahn e Walper e sua equipe de colaboradores realizaram um estudo com 130 pacientes com dor nas costas cronica de origem externa da coluna vertebral.

Deste estudo em conclusão de que

com 480 mg diários de extrato do Harpagophytum procumbens, unha do diabo,é possível dominar esta doença com excelente tolerância.

Essas conclusões são reforçadas por outro estudo piloto, realizado por Chrubasik S, que comparou em 44 pacientes o extrato vegetal harpagofito com uma substância que atua como um inibidor específico da enzima ciclooxigenase-2 (COX-2), concluindo que sua eficácia e segurança lhe dão crédito para mitigar a dor nas costas cronica e não específica.

Poucos são os efeitos secundários e as contra-indicações que podemos encontrar na unha do diabo.

Comprar Extrato de harpagofito on-line
EXTRATO DE HARPAGOFITO
Procede do extrato de uma planta chamada Harpagophytum procumbens e contribui ao conforto digestivo e o apetite.
COMPRAR

Um bom elenco de outros benefícios da unha do diabo para o organismo

Se manifesta como como um bom antipirético, o seu uso tem encaixe em casos nos que pretende baixar a febre.

As propriedades da planta harpagofito também tem outros usos medicinais, o que faz que os produtos a base de planta de harpagofito também aumentam no mercado.

Entre as propriedades da unha do diabo, enfatizamos que promove a redução do colesterol, que tem um efeito mais positivo no sistema circulatório, causando uma redução no risco de distúrbios cardiovasculares.

Devido à sua ação colateral, aumenta a produção de bilis no fígado, o que é um fator de melhora na digestão de gorduras.

Em caso de sofrer espasmos intestinais, as propriedades da unha do diabo ajuda a frenar-os e,por sua vez, gerar certo efeito laxante.

O seu conteúdo em substâncias amargas fazem comportar-se como um estimulante do apetito.

A nivel externo:

  • Pode-se aplicar como cicatrizante em forma de compressas encharcadas de extrato para cicatrizar a úlceras e feridas, sendo necessárias varias aplicações diárias.
  • É um recurso útil por via tópica para tratar o acne e as manchas cutâneos.
  • E como analgésico, além disso já comentado a propósito do aparato locomotor, em loção é eficaz contra as dores menstruais, o ardor de estômago e as enxquecas.

Como usar devil's claw

Como tomar Unha do diabo

Existem varias formulações derivadas do Devil’s Claw e pode encontrá-las tanto em herboristerias como em farmácias, em forma de extrato, comprimidos, cápsulas, cremes e claro, raiz cortada.

Há diversas formas de se administrar esta substância, mas prevalece de maneira destacada a via oral à base de cápsulas ou comprimidos em quantidades que logicamente oscilam em função da idade do paciente e o problema que devemos combater.

O padrão de ingestão dos comprimidos pode ser à razão de 2 ou 3 por dia, deglutidos com uma importante quantidade de água durante as refeições. Podes optar, se preferires, por fazer um chá com a raiz cortada da unha do diabo numa copo com água quente, deixando repousar durante uns poucos minutos para seguidamente escorrer e beber.

Também se encontra no mercado como extrato fluido ou tintura procedente da maceração em álcool etílico.

Se bem, em geral, deves seguir a dose que venha na embalagens no folheto, concedido pelo laboratório, como conhecedor do processo de fabricação, o lógico margem de confiança, podemos avançar como guia da seguinte tabela:

  • Em principio, 3 gramas diárias.
  • Em cápsulas, dependendo da sua composição (500 ou 750 mg), será 4 ou 6 diárias.
  • Para um extrato de unha do diabo em pó com um 2,7 % de harpagósido, a dose mais ajustada é 800 mg diária.
  • Em chás, uma ou duas vezes por dia.
  • Extrato líquido ou tintura, 0,10 – 0,25 ml, em três aplicação diárias..

Tomar Unha do Diabo: Via tópica VS Via oral

Em função dos benefícios perseguidos e dos problemas de saúde que queremos combater, optaremos pela via oral ou pela via tópica para tomar a unha do diabo. E em determinadas situações, pode até ser apropriado combinar ambos. De facto, um creme de unha de diabo aplicada externamente geralmente é um bom remédio para aliviar a inflamação e a dor da tendinite. Se trata de aplicar uma quantidade moderada e massagem da área para promover a sua difusão no tecido subcutâneo.

Uma vez que, tomas unha do diabo em cápsulas ou comprimidos põe em marcha os processos reparadores do próprio organismo para lutar contra uma artrose ou a inflamação de tendão ou ligamentos.

O que é evidente, nestes casos de problemas do aparelho locomotor, é que sempre que que possas deves recorrer ao uso tópico, pois apesar da alta segurança deste produto, deixando um aplicação externa anula por completo os riscos de efeitos secundários e contra-indicações do unhas de diabo (fica a margem do tema das reação alérgicas).

Comprar Extrato de harpagofito on-line
EXTRATO DE HARPAGOFITO
Procede do extrato de uma planta chamada Harpagophytum procumbens e contribui ao conforto digestivo e o apetite.
COMPRAR

É que, além disso de todo isso, foram publicado recentemente estudos que parecem demonstrar que a sua eficácia, usado de forma tópica como óleo essencial ou em creme, aumenta consideravelmente. Argumentam por causa que os comprimidos orais estimulam a secreção dos sucos gástricos restringindo o seu potencial.

Combinações da Unha do diabo que podem ser interessantes

A garra do diabo admite combinações excelentes com outras espécies de vegetais quando se consideram tratamentos contra várias doenças, como salgueiro branco, calêndula, cavalinha, unha de gato, zimbro, gengibre, estrela-de-anis, o bambu, o calaguala (uma samambaia de origem peruana) ou o kawa-kawa (planta de origem oceânica relacionada à pimenta).

Oferecemos a compra de suplementos de harpagofito, como é o extrato desta planta de HSNessential, o melhor preço da HSN.

Efeitos terapêuticos da Unha do diabo

A unha do diabo tem um importante efeito terapêutico para tratar estas doenças:

Gota

Uma infusão composta por uma mistura de unha de diabo, bagas de zimbro e córtex de fresno em quantidades equivalentes promove a excreção de ácido úrico responsável dos clássicos acesos de dor devido há inflamação aguda da articulação.

Debilidade muscular

Mistura de unha do diabo e unha de gato, tanto em infusão como em cápsulas, normaliza as digestões optimizando a absorção dos nutrientes.

Dor nas costas

Cápsulas compostas por um cocktail à base de unha de diabo, cúrcuma en polvo (reconocida como un excelente antiinflamatorio) e ácido hialurónico há demonstrado ser uma boa ferramenta contra os dores de costas.

Artrite

Uma combinação de unha do diabo e unha de gato é ideal para alivia as dor em casos de artrite.

Gota e unha do diabo

Artrose

Aqui entram três possibilidades:

  • Um pacote constituído por bambu e alguma das substancias de referencia na proteção da cartilagem, como colagénio, glucosamina o cartilagem de tubarão.
  • Se trata-se do joelho, só dá muito bom resultado uma decocção das folhas de fresno em forma de curativo. Há que ferver durante alguns minutos uma amostra de folhas na proporção 50 g por litro de água.
  • Aplicar em forma de massagens sobre a zona da artrite com uma pomada composta por arnica e unha do diabo.

Torcicolo e dores musculares

Os incómodo na contracção da musculatura do pescoço chama-se torcicolo respondem muito bem para a ingestão de uma infusão que contem unha de diabo, mundo, salgueiro branco e folhas de menta ou estrela-de-anis; a sua base actua como relaxante muscular. Com duas colheres por litro de água é também útil para superar as dores musculares.

Lumbago

Para o seu controlo sem ter que usar medicamentos e preferível recorrer a uma tisana que mistura por igual unha de diabo, calaguala, salgueiro branco, ulmaria e estrela-de-anis, mistura da qual deitas uma colher por copo de água para que ferva uns minutos. É conveniente que repouse durante a noite e beba ao longa da manha seguinte, prolongando o tratamento entre um e dois meses.

Entorse, hematomas…

Qualquer kit de emergência deve conter um gel misto de unha do diabo e arnica: é excelente para calmar entorse, hematomas…

Comprar Extrato de harpagofito on-line
EXTRATO DE HARPAGOFITO
Procede do extrato de uma planta chamada Harpagophytum procumbens e contribui ao conforto digestivo e o apetite.
COMPRAR

Efeitos secundários e contra-indicações da unha do diabo

É cada vez mais habitual a utilização de plantas medicinais tanto para reforçar o organismo como para lutar contra as doenças, pelos seus evidentes benefícios enquanto para a segurança e tolerância em relação com os medicamentos de sínteses, não deve cegar-nos em uma nebulosa que nos faça ser inconscientes dos possível perigos que estas substancias também podem originar.

Por essa razão, devem guardar-se as devidas precauções e submeter o seu consumo sempre há opinião de um especialista competente.

Em linha gerais, a Unha do diabo é uma planta que cave qualificar como muita segura, responsável de efeitos secundários de mínima escala se consumires de uma forma controlada. Apesar disso, é imprescindível guiar-se, pela hora de planear o seu consumo, pelas recomendações dos especialistas e as indicação que encontras nas embalagens e folhetos, para não excederes a dose nem a duração dos tratamentos.

Em dose elevadas é possível que unha do diabo de lugar a problemas gástricos, pelo que, de entrada, já resulta pouco aconselhável para quem padeça úlceras no estômago ou duodeno, assim como cálculos biliares. Mas a realidade é que só foram descrito, em casos de especial sensibilidade para esses problemas, náuseas/vómitos, diarreia e dores gástricas (peso, ardor…). Poderemos completar este mini-catálogo de possíveis, no que improvável, efeitos secundários da unha do diabo citando doenças general, tonturas e baixo níveis de açúcar no sangre.

Contra-indicações da Unha do diabo

Basicamente, estas são as situações nas que são desaconselhável tratar-se com a unha do diabo:

  • Estar grávida ou em fase de amamentação.
  • Crianças menores de 6 anos
  • Consumo habitual e elevado de álcool.
  • Doenças do foro patológico como úlceras gasto-intestinais, hipertensão arterial, glaucoma, patologias cardíacas, hepáticas e renais e diabetes..

E claro, deve-se considerar sempre latente a possibilidade de desencadear um quadro alérgico para alguns dos sues componentes.

Enquanto a suas possíveis interacções farmacológicas, as precauções passam por não consumir-las ao mesmo tempo que outros medicamentos anticoagulantes como warfarina, tranquilizantes como diazepán, medicação contra as arritmias como a digoxina ou os beta-bloqueantes e outros fármacos como o loperamida ou o omeprazol, porque pode interferir na sua acção diminuindo eficiência, além disso pode causar irritação na mucosa gástrica.

Mesmo assim, deve ter consequência de que não é recomendável consumir-lo a longo prazo, pois talvez faltem todavia suficientes evidencias que avalem a prolongação excessiva do seu consumo.

Artigos Relacionados com o tema

  • Ensinamos como interpretar a etiqueta de um suplemento de extrato de planta
  • Suplementos para as articulações
Se falamos de uma das plantas cujas origens estão ligadas ao mais profundo da África Subsariana, especificamente a área ocupada pelo deserto do Kalahari no que é agora a Namíbia, que é o unha do diabo. O que é a Unha do Diabo? Harpagophytum procumbens, que é sua nomenclatura em chave científica, talvez seja mais familiarmente conhecido como garra ou unha do diabo (Devil´s claw em inglês), cujo fruto pode alcançar os 20 cm de longitude. Em ocasiões se lhe conhece também como raiz de Windhoek apelando a sua origem geográfica. Sobre a justificação da denominação diabólica com que se…
Apreciação Devil's Claw

Anti-inflamatório - 100%

Como tomar - 100%

Gota - 100%

Efetividade - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Confira também
Desvantagens da Aveia

Índice1 Que danos pode provocar a aveia?1.1 Porque provoca inchaço no estômago?1.2 Acumulação de gases …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostas do nosso HSNBlog?
HSN Newsletter
Então imagina as promoções da nossa loja.

Deixa-nos os teu e-mail e terás acesso às melhores promoções temos para os nossos clientes


aceito a política de privacidade