A Vitamina D nos Alimentos - Blog de Fitness, Nutrição, Saúde e Desporto | Blog HSN
Home / Nutrição / Vitaminas / A Vitamina D nos Alimentos
A Vitamina D nos Alimentos

A Vitamina D nos Alimentos

Avitamina D nos alimentos é o objetivo deste artículo, com a intenção de oferecer uma lista com as mais recomendáveis para adquirir todos os nutrientes mais importantes que pode aportar ao nosso organismo esta vitamina.

Também denominada calciferol, a vitamina D é uma das vitaminas lipossolúveis cuja função primordial é a de facilitar a absorção intestinal do cálcio e equilibrar os níveis de cálcio/fósforo do organismo, dois minerais essenciais para a formação normal dos ossos, ao ponto de que a deficiência desta vitamina pode levar à osteoporose em adultos e ao raquitismo nas crianças.

Mas não só o osteo-esquelético é território sob a influência da vitamina D. Vitamina D: Propriedades e Benefícios, Para que serve... podes encontrar a função da vitamina D no organismo e sobretudo este nutriente e comprar os melhores suplementos de vitamina D.

A Fundação Espanhola do Coração adverte sobre a necessidade de manter os níveis plasmáticos desta substância acima de 30 ng/ml, apelando a uma associação diretamente proporcional entre níveis baixos da mesma e prevalência de fatores de alto risco de doenças cardiovasculares, tais como hipertensão ou diabetes.

O organismo produz esta vitamina a partir de uma molécula de pró-vitamina presente na pele quando esta se expõe diretamente aos raios ultravioleta do sol, considerando-se que uma exposição de 10 minutos, três vezes por semana seria suficiente para satisfazer as nossas necessidades.

Este mecanismo fisiológico é bastante importante, porque não em vão, muitas pessoas, favorecidas pelo clima e o seu tipo de pele, são capazes de cobrir as suas necessidades de vitamina D desta maneira e, por outro lado, não são muitos os alimentos que a contêm em quantidades apreciáveis . Neste post aportamos-te informação sobre que alimentos consideram-se boas fontes de vitamina D e Vitamina D Dose. Quantavitamina D necessitas? nos aportam cada um deles.

Conteúdo de Vitamina D nos Cogumelos

Os cogumelos é um dos alimentos mais ricos em vitaminas, sobre todo D.

eterminadas espécies de fungos comestíveis, tais como os cogumelos Portobello, os Fungo Shiitake - Reforça o Sistema Imune do seu Organismo e o botão branco, mais conhecido como cogumelo, têm entre as suas excelências nutricionais, altos níveis de vitamina D, que é fornecida sob a forma de uma substância chamada ergosterol, apta para a sua conversão em vitamina D após a exposição solar.

Shiitake e a Vitamina D

De facto, o consumo deste tipo de cogumelos pode ser tão eficaz como a suplementação à base de comprimidos de colecalciferol.

Em particular, os tipos de fungos shiitake secos ao sol são muito rico nesta vitamina, por causa da sua permeabilidade aos raios ultravioleta.

Quantidade de Vitamina D na Cavala

Este peixe também encontra-se entre as melhores fontes de vitamina D.

Uma dose deste peixe azul proporciona 90% das necessidades diárias, motivo pelo qual as instituições de maior prestígio em alimentação recomendam um consumo regular deste e outros peixes ricos em ácidos gordos ómega 3, que levam associado a vitamina D pelo seu caráter lipossolúvel.

Aporte de Vitamina D do Salmão Vermelho

De maneira análoga ao que descrevemos a propósito da cavala,

Uma dose de 100 gramas de salmão vermelho envolve uma contribuição de 90% da referência dietética de vitamina D.

No entanto, é importante vigiar que se trate de um animal criado no seu habitat natural, porque é um peixe que come abundante do zooplâncton, que é de onde obtém a matéria-prima para se converter numa importante fonte desta vitamina.

Conteúdo de Vitamina D da Sardinha

A sardinha está no topo dos alimentos ricos em vitamina D. Tanto fresca, como em forma de conserva em óleo, é um referente na hora de equilibrar os nossos níveis desta substância.

Ingerir todo o conteúdo de uma lata de sardinhas subministra dois terços das necessidades diárias.

Conteúdo de Vitamina D no Atum

Com a ingestão de 80 gramas de atum vermelho ou branco cobrimos a metade das necessidades de vitamina D, especialmente se é atum fresco. Mas também não devemos esquecer as preparações enlatadas em azeite, 60 gramas das quais fornecem 25% das necessidades diárias, cifra que sem ser comparável à associada ao atum fresco, pode ser considerada interessante.

Óleo de fígado de Bacalhau

Este concentrado lipídico de cor dourada, obtido industrialmente do bacalhau do Atlântico, entre outras propriedades nutricionais importantes, destaca pela sua abundância de vitamina D obtida a partir da ação da luz solar. Também rica em ácidos gordos ómega 3, demonstrou-se que contribui significativamente para otimizar a capacidade cerebral e o funcionamento do sistema nervoso. A sua concentração vitamínica é tão grande que basta uma colher de sopa por dia para atender à demanda de vitamina D do nosso organismo.

Aporte de Vitamina D do Ovo

A gema do ovo é um dos alimentos de maior relevância como fonte de vitamina D, pois um ovo contém uma quinta parte da sua ingestão diária recomendada, já que os estudos recentemente publicados comprovam a presença de 41 unidades internacionais, ao contrário da tese que defendiam tradicionalmente que lhe adjudicada um 65% menos de concentração..

O leite também é uma fonte de vitamina D

Está demonstrado que a absorção intestinal da vitamina D adicionada no processo de industrial de fabricação do leite magro é altamente eficaz. Não foi em vão que, há uma década atrás a FDA (máxima autoridade dos EUA em termos de alimentação) aprovou para o seu país a adição de vitamina D no leite e outras bebidas.

Na prática, a sua importância é medida em que num copo de 225 gramas de leite enriquecido com vitamina D fornece cerca de uma centena de unidades internacionais da mesma. Por tanto, uma boa forma de enriquecer nosso corpo com vitamina D através dos alimentos é aumentando a quantidade de leite que consumimos.

Marisco e Vitamina D

Marisco como fonte de Vitamina D

  • Alguns crustáceos como o camarão ou as gambas e, alguns moluscos bivalves como as ostras e as amêijoas, caracterizam-se pela sua alta concentração de vitamina D. Em particular, as ostras brilham com luz própria com as 320 unidades internacionais contidas em 100 gramas do seu peixe, o que representa mais da metade da necessidade demandada.
  • Seguir uma dieta equilibrada e submeter-nos a uma exposição solar de uma meia hora por dia é suficiente para garantir uns Vitamina D Dose. Quanta,vitamina D necessitas?. Ambas as fontes, alimentos e radiação ultravioleta são complementares, mas nem sempre se dão as circunstâncias que permitem desfrutar da sua ação conjunta.
  • Em 2010, o Instituto de Medicina dos Estados Unidos atualizou as recomendações de ingestão de cálcio e vitamina D, onde para esta última definiu uma IDR de 600 unidades internacionais por dia para pessoas com menos de 70 anos e de 800 para aqueles que excedem essa idade.
  • Como fomos podendo ver na listas de cima das vitamina D pode prevenir tanto de alimentos de origem animal como de origen vegetal. Neste caso dos alimentos de origem animal esta forma de Vitamina D3 e no caso dos alimentos de origem vegetal esta em forma de Vitamina D2.
  • A vitamina D3 é a forma de vitamina D que pode produzir nosso organismo por si mesmo e que necessita para poder ser metodizada a posterior. Sem embargo, a vitamina D2 pode ser facilmente transformada em vitamina D3, de forma que ambas as fontes tem um impacto muito similar sobre a saúde, no que a vitamina D3 é ligeiramente mais eficaz pela sua melhor união no transporte de moléculas.
  • Igualmente a ter em conta que o sol é a fonte principal de vitamina D e que os alimentos são de importância secundaria para o fornecimento desta vitamina. A exceção dos peixes, e a maioria dos alimentos contem quantidades relativamente baixas de vitamina D.

Artigos Relacionados com o tema:

Apreciação Alimentos Ricos Vitamina D

Em cogumelos - 100%

Salmão Vermelho - 100%

Marisco - 100%

Eficiência - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Confira também
carencia vit b12
Conheces os efeitos negativos da falta de vitamina B12?

A característica da Vitamina B12 é que não se elimina rapidamente no organismo, como ocorre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostas do nosso HSNBlog?
HSN Newsletter
Então imagina as promoções da nossa loja.

Deixa-nos os teu e-mail e terás acesso às melhores promoções temos para os nossos clientes


aceito a política de privacidade