Glutamina
59 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. »
Definir direcção ascendente
59 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. »
Definir direcção ascendente
Últimos comentários sobre Glutamina

GLUTAMINA MICRONIZADA Bom para recuperação - João, 08/04/2016

Outro suplemento que nunca tinha tomado isoladamente mas que me surpreendeu. A repetir nas fases mais intensas de treino.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

GLUTAMINA MICRONIZADA Glutamina - Silvia, 03/02/2016

Muito bom produto. Sem dúvida o melhor q já usei.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

GLUTAMINA MICRONIZADA Bom e barato - Monica, 08/12/2015

Micronized glutamine da marca evo fica por um excelente preço e vale a pena. Melhor recuperação, mais força e energia durante os treinos.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

GLUTAMINE MICRONIZED Excelente Glutamina - Gisela, 18/08/2015

Para mim é das melhores Glutaminas do mercado, e o preço é bastante acessível!!

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

Glutamina

A glutamina é o aminoácido mais abundante no nosso corpo. A sua presença no organismo é de 60%, em relação aos restantes aminoácidos. Além disso, é o único que contém dois átomos de azoto. Como resultado, favorece a formação de músculo muito mais do que outros aminoácidos.

Também fortalece o sistema imunológico e estimula a produção de glutationa, o antioxidante mais poderoso disponível no organismo.

Tem uma concentração especialmente elevada no plasma sanguíneo e, dentro do organismo, tem uma presença de 60% entre os aminoácidos que intervêm na formação do músculo.

Índice de conteúdos Ocultar

  1. Propriedades da glutamina
  2. Recomenda-se tomar glutamina nos seguintes casos:
  3. Que alimentos contêm glutamina?
  4. Quais são os sintomas que ocorrem quando há uma falta de glutamina?
  5. Como e quando tomar Glutamina
  6. A glutamina é especialmente importante para:
  7. Opinião dos dietistas e nutricionistas:

Propriedades da glutamina

Favorece a síntese das proteínas e é indispensável para os desportistas e atletas que realizam treinos intensivos. Entre os benefícios podemos destacar que favorece a musculação e, por sua vez, neutraliza a perda de massa muscular.

Regula o nível de açúcar no sangue e garante que o organismo tenha a glicose necessária para convertê-la em energia. Também regula a secreção da hormona do crescimento, hGH, que desempenha um papel fundamental no metabolismo da gordura e na formação do músculo.

Estudos clínicos têm demonstrado que a L-glutamina aumenta a libertação natural da hormona do crescimento num 400% e a da testosterona num 200%, se a tomamos após o treino ou exercício físico.

Ajuda a regular o pH no corpo e garante o equilíbrio dos ácidos base, imprescindível para o bom funcionamento das células. Atua como neurotransmissor e garante que as células possam comunicar-se entre si.

Promove o bom estado do tracto intestinal e protege-o contra o aparecimento de danos e úlceras estomacais. Intervém no transporte de azoto no organismo. Este processo realiza-se através da transmissão às células de diferentes reações químicas. Graças a isto, produz-se a síntese das proteínas e a creatina.

Recomenda-se tomar glutamina nos seguintes casos:

  • Para acelerar a construção e formação de músculo quando se faz exercício físico
  • No caso de pacientes imunocomprometidos
  • Quando se tem risco de sofrer infeções
  • Depois de uma operação cirúrgica grave
  • Para aliviar o stress físico e mental

Que alimentos contêm glutamina?

Entre os alimentos ricos neste aminoácido estão a carne, peixe, trigo e os produtos lácteos. O quark ou requeijão tem um nível particularmente elevado deste aminoácido.

É resistente ao calor, de modo que a cozedura dos alimentos não afecta a glutamina. Está também disponível como suplemento dietético em forma de L-Glutamina ou Ácido glutamico.

Quais são os sintomas que ocorrem quando há uma falta de glutamina?

É vital para o corpo, a sua deficiência na dieta pode causar danos significativos no sistema imunológico. Apenas uma pequena quantidade pode ser decisivo para que o organismo seja mais suscetível à infeção.

Isso é porque é a responsável de proteger as membranas mucosas. Quando o corpo não tem glutamina suficiente, especialmente o intestino, cujas mucosas são permeáveis, está mais exposto a ser atacado por vírus e bactérias.

Quando há um deficit, também reduz significativamente o rendimento físico e mental. Surgem problemas de tónus muscular, incapacidade para realizar esforços e falta de concentração. Depois de ser submetido a uma cirurgia o corpo também tem maior necessidade de glutamina.

Como e quando tomar Glutamina

Os atletas que realizam desportos de força e resistência têm experimentado por si mesmos os benefícios extraordinários que lhes oferece a glutamina. Favorece a construção muscular rápida e também ajuda a preservar a massa muscular. Outros dos efeitos importantes é que, com a ingestão de glutamina aumenta-se massa muscular rapidamente.

É cada vez mais utilizada para fortalecer o sistema imunitário. A dose a tomar através dos suplementos dietéticos de glutamina pode variar de uma pessoa para outra. Para alguns utilizadores basta tomar apenas 4 gramas por dia na dieta, mas, no caso dos atletas que fazem desportos de força, a dose pode subir até 20 gramas diárias.

A glutamina favorece uma maior secreção da hormona do crescimento. Também se utiliza para o tratamento das doenças intestinais, uma vez que tem um efeito positivo sobre as membranas mucosas do intestino delgado. A glutamina regenera as membranas mucosas e protege o intestino dos ataques prejudiciais das bactérias e vírus.

Outro dos efeitos deste aminoácido é que estimula a perda de gordura, uma vez que os efeitos sobre a hormona do crescimento promove a síntese de proteínas e, assim, a perda das células gordas.

A glutamina é especialmente importante para:

  • Os atletas que realizam desportos de força e potência, assim como treino físico intensivo
  • Melhorar o rendimento físico geral
  • Pacientes com um sistema imunológico fraco
  • Pacientes com doença intestinal
  • Pessoas que sofrem muito stress
  • Aumentar a concentração
  • Acelerar a recuperação depois de uma intervenção cirúrgica
  • Pacientes com um nível de açúcar no sangue instável
  • Ajuda nas dietas de emagrecimento
  • Estimular o rendimento intelectual

Opinião dos dietistas e nutricionistas:

Os nutricionistas coincidem em afirmar que a ingestão de suplementos dietéticos à base de Glutamina favorece a hormona do crescimento. Este efeito foi demonstrado em vários estudos clínicos. Outras pesquisas também demonstraram que produz um aumento da energia física e mental.

  
      A Carregar...