Proteínas Concentradas de Soro

O que são as Proteínas Concentradas de Soro ou Whey Protein Concentrate (WPC)

As Proteínas Concentradas de Soro ou Whey Protein Concentrate (WPC) são possivelmente o produto mais vendido dentro da Suplementação Desportiva, dadas as suas propriedades, benefícios e, claro, os resultados, entre os seus consumidores.

64 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. »
Definir direcção ascendente
64 Produtos
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. »
Definir direcção ascendente
Últimos comentários sobre Proteínas Concentradas de Soro

WHEY PROX Excelente opção - Alexandre, 13/12/2016

Excelente relação qualidade/preço. Sabor fantástico. Recomendo.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

100% WHEY GOLD STANDARD Espectáculo - Marc, 30/11/2016

Óptima variedade de sabores e uma relação qualidade/preço imbatível!

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

100% WHEY GOLD STANDARD Top - Ricardo, 21/11/2016

Sabor gelado de baunilha muito bom!

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

100% WHEY GOLD STANDARD A melhor de sempre!! - Emanuel, 04/11/2016

Sem duvida que esta proteina e a melhor do mercado, resultados visiveis em pouco tempo, das poucas proteinas que nao e apenas um produto para ganhar dinheiro.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

WHEY PROTEIN CONCENTRATE 80% Whey HSN - Pedro Silva, 21/10/2016

Bom produto. Mistura muito bem com qualquer batido. Muito boa relação preço/quantidade de proteína.

Valor
Eficácia
Acondicionamento
Put.General

O que são as Proteínas Concentradas de Soro ou Whey Protein Concentrate (WPC)

As proteínas de soro superam em qualidade a outro tipo de fontes, tais como o ovo, ou carne, dado o seu perfil de aminoácidos, onde encontramos uma grande quantidade de BCAAs (aminoácidos ramificados) e claro, Aminoácidos Essenciais (os BCAAs também pertencem a este grupo), sendo por sua vez, a proteína com maior índice biológico, isto é, o seu grau de absorção e aproveitamento por parte do nosso organismo será superior.

Pode ser ingerida antes e depois dos treinos, ao levantar ou com o pequeno-almoço, ou bem entre refeições, sendo uma ferramenta nutricional mediante a qual podemos cumprir com os macro-nutrientes diários estipulados segundo o nosso perfil nutricional, no que diz respeito às proteínas.

Possui umas características que a tornam idóneas para incorporar em qualquer tipo de dieta: alta percentagem proteica, baixa em calorias, com um escasso aporte de açúcar, gorduras e colesterol e apoiam a tarefa de: aumentar a massa muscular, ou bem preservar-la nos períodos de definição.

A forma de comercialização é na sua maioria em formato pó, para serem misturadas com líquidos, preferentemente água, ainda que também se pode utilizar leite ou sumos (com o conseguinte incremento do aporte calórico). O seu sabor não deixa a ninguém indiferente, sendo do agrado de praticamente todos os que provam um batido de WPC.

De onde procedem as Proteínas Concentradas de Soro?

As Proteínas Concentradas de Soro procedem da manufaturarão do leite, concretamente, na elaboração do queijo. Neste processo, o leite separa-se nos seus dois componentes, sendo um 80% caseína e um 20% soro. É precisamente com esta última, a proteína que se utiliza para obter a Proteína Concentrada, sendo uma das suas qualidades mais importantes a velocidade de absorção.

Qualidade das Proteínas Concentradas de Soro

Na hora de analisar a qualidade da WPC, disporemos de uma série de fatores através dos quais avaliaremos esta faceta:

Valor Biológico

A proteína está formada por cadeias de aminoácidos, entre os que principalmente encontramos dois tipos: essenciais e não essenciais. O primeiro grupo são os verdadeiramente relevantes, dada a sua condição de “essencial” que indica que o nosso organismo não os pode sintetizar e, portanto, é necessário o seu fornecimento externo através da dieta ou mediante Proteínas Concentradas de Soro. O WPC é uma proteína completa porque incorpora todos os aminoácidos essenciais.

Cada um dos aminoácidos não essenciais podem-se obter a partir dos essenciais, de modo que será uma questão bastante prioritária e importante, incluir uma ampla concentração de essenciais ou EAAs.

Isoleucina, Leucina, Valina, Lisina, Metionina, Fenilalanina, Treonina, Triptófano, Histidina.

Entre as suas funções essenciais podemos encontrar: a síntese de hormonas e neurotransmissores, enzimas, regulação do metabolismo, criação de novos tecidos musculares, síntese de hemoglobina, manutenção da função hepática, do sistema nervoso e do cérebro...

O Valor Biológico (vB) é um índice de 100 a 0, que descreve o quão eficiente é o nosso corpo para absorver a proteína, isto é, uma medida da percentagem da proteína que se incorpora realmente nas proteínas do corpo humano.

Aqui observamos uma tabela comparativa onde figuram fontes proteica com o seu vB:

WPC 104
Ovo 100
Leite 91
Arroz 83
Carne 80
Quinoa 83
Peixe 76
Trigo 64

Acontece que o WPC ultrapassa o 100, já que o ovo obtém este valor, este mantém-se como referência nesta escala de percentagens até que se estudou o Soro.

A importância do vB reside em que a maior índice, a proteína será mais completa, sem possuir nenhum aminoácido limitante ou deficitário (como é o caso da lisina em algumas proteínas vegetais) e, portanto, aproxima-se mais às necessidades do organismo. Além disso, ao contrário das gorduras e hidratos, os aminoácidos não são armazenados, senão excretados, pelo que apesar de comer bastante quantidade de fontes de proteínas com baixo vB, não seria de todo eficiente.

Pontuação de Aminoácidos Corregido por Digestibilidade (PDCAAs)

A Pontuação de Aminoácidos Corregido por Digestibilidade é outro fator indicativo da qualidade da proteína WPC. Na digestibilidade da proteína tem-se em conta, a quantidade total de proteína que será absorvida após o processo de digestão. Um alimento deve ter todos os aminoácidos essenciais nas quantidades requeridas para ser considerado uma boa fonte de proteína. Portanto, só o aminoácido com a menor presença no alimento se considera para obter PDCAAS.

O valor mais alto de PDCAAS é 1.0, o que indica que depois de fazer a digestão, proporcionará o 100% da quantidade de aminoácidos essenciais por unidade de proteína. A WPC possui este valor.

Proteína Desnaturalizada

A proteína desnaturalizada é aquela que, após ter sido processada e finalmente disposta para consumo, entre a sua composição se encontram as frações que existiam na matéria-prima, sem perder as propriedades. Em função dos métodos de manufaturação, WPC poderá resultar com um maior índice destas frações proteicas, ou seja, não ser desnaturalizada.

O processo CFM ou Microfiltração por Fluxo Cruzado assegura manter praticamente a integridade destes nutrientes.

As frações proteicas possuem uma ampla variedade de benefícios para a saúde humana, tais como: agentes anti-microbiais, anti-inflamatórios, anti-bacterianos, fortalecimento do sistema imune, potenciar a absorção e transporte do ferro...Dentro deste grupo podem-se encontrar: lactoferrina, Glicomacropéptido, Imunoglobulinas, Alfa-lactoalbumina (Alpha-lac) e Beta lacto-globulina (Beta-lac), Lactoperoxidase.

Propriedades das Proteínas de Concentrado de Soro

As principais propriedades de WPC são:

  • Rápida Absorção
  • Apoio para o Crescimento da Massa Magra
  • Melhorar a Recuperação
  • Incremento da Síntese de Proteínas

Para que servem as Proteínas de Concentrado de Soro?

Pode-se tomar WPC em qualquer momento do dia e são especialmente importantes para o apoio na recuperação, regeneração e crescimento muscular, sobretudo, antes de treinos intensos.

Aporte Nutricional

A proteína é o macro-nutriente fundamental para a vida, junto aos ácidos gordos essenciais e à água. Dentro deste cenário, devemos aportar diariamente uma quantidade de proteína em função das nossas necessidades, para dar suporte ao organismo e que este possa realizar as tarefas de regeneração de tecidos e “turn over proteico”. Além disso, os aminoácidos, que constituem a proteína, cumprem.

Aumentar a Massa Muscular

Aquelas pessoas que procuram melhorar o seu físico, incrementando o tamanho e volume muscular, poderão fazer uso da WPC como ferramenta para traçar este caminho. Esta proteína aportará todo o espectro de aminoácidos, sendo especialmente rica em BCAAs, e em concreto no aminoácido L-Leucina, que tem a propriedade por si só de ativar a via de síntese proteica (mTOR), sendo uma rede fisiológica que porá em funcionamento a maquinaria para gerar novos tecidos musculares.

Melhorar a Composição Corporal

Este processo leva fundamentalmente a dois objetivos: reduzir gordura e manter a massa muscular. Para a primeira premissa, será necessário estabelecer um regime onde exista um deficit de calorias, para que o nosso organismo enfatize no uso da gordura armazenada. E, em segundo caso, fará falta suprir essa falta de calorias mediante um aumento no aporte de proteínas para evitar perder massa muscular em consequência. WPC aportará uma dose adequada de aminoácidos, onde destaca a presença de glutamina, com importantes conotações de carácter anticatabólico (reduz a degradação de tecidos musculares).

Diferenças entre Concentrado e Isolado de Soro

Na hora de comprar uma proteína, a maioria dos consumidores fazem a mesma pergunta, “...Concentrado ou Isolado...”.

Tanto o concentrado (WPC) como o isolado (WPI) são excelentes fontes de proteínas, que vão cobrir as necessidades proteicas diárias de cada pessoa, aportando um esplêndido aminograma encontrando-se altas concentrações de aminoácidos essenciais (EAAs), aminoácidos ramificados (BCAAs) e ainda Glutamina e precursores da mesma.

Por outro lado, ambas possuem uma alta velocidade de absorção, pelo que serão opções totalmente viáveis para tomar, ou antes ou logo depois do treino, ou nas duas situações. Claro que a sua ingestão tem cabida em qualquer outro momento do dia, onde o nosso cometido para completar a dieta nos peça um aporte de proteínas.

Por outro lado, em questão de pureza e composição, tal vez nos poderíamos decantar pela WPI, já que o seu método de elaboração lhe permite obter um produto muito refinado, simplesmente com vestígios de hidratos e gorduras, sem lactose e, portanto, com a maior percentagem de proteínas.

A maioria de Proteínas Concentradas aportam um 80% de proteína por toma, sendo este o peso em matéria básica, enquanto que as Proteínas Isoladas será à volta de 92%.

No entanto, não são para nada demasiado diferentes ao WPC e portanto, cumpriria em qualquer regime dietético.

Um ponto discutível e a título individual, seria a textura e sabor da proteína, das quais na maioria de opiniões tende a ser mais agradável no caso do WPC.

Finalmente, como conclusão final, poderia-se extrair que WPC poderia ser a melhor opção, baralhando o conceito de Preço/Qualidade.

Tabela Comparativa entre Concentrado e Isolado de Soro

  WPC WPI
Nívieis altos de aminoácidos (Glutamina, BCAAs, EAAs) yes yes
Maior percentagem de proteínas   yes
Menor quantidade de hidratos e gorduras   yes
Rápida absorção yes  
Perder peso yes  
Intolerância à lactose   yes
Solubilidade yes yes
Sabor yes  
Melhor relação Preço/Qualidade yes  

Como tomar e com que combinar as Proteínas Concentradas de Soro?

WPC possui um amplo abanico de possibilidades à hora de tomar e combinar-se, seja com outro tipo de suplementos, ou em certas receitas culinárias.

Como tomar WPC?

Os momentos mais propícios para levar a cabo uma toma de proteínas procedentes do Concentrado de Soro, seriam:

  • Em jejum
  • Antes e/ou depois da sessão de exercício físico

No entanto, tal como seguimos sob o critério de que WPC é um aporte nutricional proteico, a sua toma pode-se ampliar em momentos onde o nosso plano dietético nos indique que é hora de uma toma de proteínas. Deste modo, a toma em jejum, pode ser combinada junto ao pequeno-almoço, assim como poderia ser a meia manhã como um “snack”, ou incluso como lanche ou, finalmente, antes de dormir, salvo que neste caso haja outra opção que pudesse ser melhor, como seria o caso das Proteínas Sequenciais ou Caseína.

Com que combinar WPC?

  • Com Hidratos de carbono: podemos combinar num único batido os hidratos junto com a proteína, numa relação de 1:1 ou 2:1 a favor dos hidratos. Os momentos mais favoráveis seriam antes e/ou depois do treino.
  • Com Creatina: a creatina é um excelente apoio como ajuda ergogénica para melhorar o rendimento desportivo. Pode-se juntar diretamente no batido de proteínas. A sua forma de toma pode variar no sentido de realizar fase de carga, ou tomar diretamente a dose de manutenção, composta por 1g de creatina por cada 10kg de peso corporal.
  • Com Produtos para Reduzir Gorduras: estes produtos buscam a perda de gordura, sob um marco de dieta hipocalórica. Neste sentido, a nossa principal função será a de fornecer a quantidade suficiente de proteína para reduzir a perda muscular.
  • Com Anabólicos Naturais: sobretudo, para uma fase de aumento de volume, para otimizar a secreção hormonal. A proteína aportará os aminoácidos como suporte a este crescimento de massa muscular.
  • Com Produtos de Vitaminas e Minerais: o aporte de micronutrientes é sumamente importante, dado que são os reativos e co-fatores necessários e essenciais nas diferentes reações metabólicas que ocorrem no nosso organismo e, claro, a de síntese de proteínas.

Onde comprar as Proteínas Concentradas de Soro?

Na HSNstore existe um amplo catálogo de Whey Protein Concentrate ou Proteínas Concentradas de Soro.

Destaca sobre o resto a Evowhey, que se pode encontrar em 3 formatos distintos (500g, 2 e 4kg), assim como numa enorme gama de sabores (até 34!), com uma textura espetacular. Está enriquecida com BCAAs e Glutamina, é baixa em calorias, sendo o suplemento ideal para qualquer pessoa que opte por estabelecer uns hábitos saudáveis.

  A Carregar...