7 Produtos
  • EXTRATO DE RHODIOLA ROSEA 350mg - 120 veg caps - HSN Essentials
    TOP 100, melhor preço
    (2)
    Rhodiola Rosea com 5% de rosavinas. Fornece 500 mg de Rhodiola Rosea por dose diária.
    SG SL V VG BP OGM
    22,72 €
    33,90 €
    -32.99%
      11,18 €
    Em stock
  • RHODIOLA 500mg - 60 veg caps - Now Foods
    Vitamins Week
    (8)
    Aumenta a resistência do organismo ao stress, trauma, ansiedade, depressão ou fadiga.
    V VG
    12,66 €
    14,89 €
    -14.99%
      2,23 €
    Em stock
  • Mistura de setas e rhodiola ecológica com Bacillus sabtilis. Apto para vegetarianos e vegans.
    SG V VG O
    17,91 €
    19,90 €
    -10%
      1,99 €
    Em stock
  • (1)
    Contém Feno-grego e Ashwagandha. Com Ácido aspártico e zinco.
    24,10 €
    36,99 €
    -34.84%
      12,89 €
    Em stock
  • (3)
    Formulado por Sergio Espinar. Com Alpha-GPC, Bacopa Monnieri, Bitartrate Hill e Rhodiola Rosea.
    SG SL V VG S BP SC
    De
    49,90 €
    Sem stock
  • 100% Flor de Rhodiola, da agricultura biológica. Fornece minerais.
    SG V VG N O BP
    15,58 €
    17,30 €
    -9.98%
      1,72 €
    Sem stock
  • Recuperador pós-treino à base de extratos de plantas.
    23,90 €
    28,00 €
    -14.61%
      4,10 €
    Sem stock

Rhodiola

O Extrato de Rhodiola Rosea é conhecida normalmente como raiz de ouro, uma planta perene utilizada na medicina herbanária. Es uma erva adaptogéna que ajuda a suportar o stress. Utiliza-se mais para a fadiga, depressão leve e o rendimiento mental. Dizes-se que pode ajudar a modular a dopamina, noradrenalina e seretonina, substancias químicas do cérebro que influi no estado de animo, o apetito e o bem estar em general. 

A Rhodiola rosea é uma planta que tem sido utilizada desde há mais de três mil anos atrás como um tónico natural para aumentar a energia e fortalecer a vitalidade. A Rhodiola também ajuda a combater o stress e a reduzir a ansiedade, além de aumentar a virilidade e reduzir o tempo de recuperação após o exercício.

Os especialistas acreditam que 80% dos problemas de saúde são causados direta ou indiretamente pelo excesso de stress que, se não é tratado, pode causar graves doenças a longo prazo.

O nosso modo de vida atual, é provavelmente o principal factor que contribui para o aparecimento de doenças crónicas e envelhecimento prematuro.

A Rhodiola rosea (também chamada de Rhodiola) protege de forma natural contra o stress. Isto acontece porque é um adaptógeno que ajuda o organismo a combater o stress físico e psicológico.

Os adaptógenos são substâncias naturais que reforçam a resistência do nosso corpo e contribuem a que mantenham as suas funções num intervalo normal e saudável, ainda que ocorram situações do mesmo seja físico ou mental. Os adaptógenos ajudam a manter o organismo estável, através do processo conhecido como auto-regulação.

Isto significa simplesmente que, ainda que te encontres sob um grande stress físico ou mental, podes permanecer saudável e ativo. A Rhodiola impede que as hormonas do stress quebrem a harmonia do organismo, evitando os efeitos patogénicos negativos sobre o corpo e a mente.

Os principais benefícios dos adaptógenos são fornecer mais energia durante o dia e reduzir a sensação de stress. Isso leva a um aumento da resistência, melhor concentração e um sono mais profundo e reparador. Os adptógenos também aceleram a recuperação depois de sofrer uma doença.

Índice de conteúdos

    1. O que é e de onde procede a Rhodiola rosea?
    2. Para que serve e como atua a Rhodiola rosea?
    3. Benefícios e propriedades da Rhodiola rosea?
      1. 1. O extrato de Rhodiola rosea ajuda a tratar os transtornos asténicos
      2. 2. A Rhodiola rosea melhora o rendimento físico e mental
      3. 3. Rhodiola rosea reduz o stress
      4. 4. A Rhodiola rosea ajuda a aliviar a depressão
      5. 5. Benefícios da Rhodiola na investigação cardíaca e do cancro
      6. 6. A Rhodiola rosea aumenta a luta contra os tumores
      7. 7. A Rhodiola rosea fortalece o sistema imunitário
    4. Como compreender melhor o stress, os três etapas do seu desenvolvimento
      1. 1. Fase de Alarme
      2. 2. Fase de familiarização ou ajuste
      3. 3. Fase de esgotamento
    5. Tem efeitos secundários ou interações a Rhodiola rosea?

O que é e de onde procede a Rhodiola rosea?

A Rhodiola rosea é uma planta muito resistente que cresce no clima polar, a mais de 3.000 metros acima do nível do mar, nas montanhas Altai da Sibéria. A planta tem um comprimento de 30-76 cm. e flores amarelas. É denominada Golden Root, raiz de Siberia, Rhodiola ou raiz Ártica.

Na Rússia, Rhodiola tem sido usada durante séculos para lidar com o frio clima Siberiano e o stress da vida diária.

A Rhodiola rosea pertence à família das Crassulaceae. É importante saber que há mais de duzentas espécies de plantas de Rhodiola, mas apenas a planta Rhodiola rosea demonstrou ter benefícios para a saúde. O nome desta planta procede do facto de que, ao cortar a sua raiz, liberta um aroma semelhante ao da rosas.

Para que serve e como atua a Rhodiola rosea?

A Rhodiola rosea inibe os subtipos A e B da enzima monoamina oxidase, também conhecidos como MAO-A e MAO-B, cuja função é a de metabolizar a serotonina (5-hidroxitriptamina ou 5-HT) e a dopamina (DA).

Devido à capacidade destas enzimas para inibir (mas parar, senão inibir) os neurotransmissores, a serotonina e a dopamina, continuam mais tempo ativas e em concentrações mais elevadas no cérebro. A atividade da serotonina no cérebro melhora e estabiliza e o nosso humor. A atividade da dopamina no cérebro torna-nos mais seguros e com maior motivação.

A Rhodiola rosea parece também influenciar os péptidos opióides que são os aminoácidos, como a beta-endorfina que atuam como neurotransmissores no sistema nervoso central e periférico. Algumas evidências sugerem que a Rhodiola causa este efeito, porque regula a produção de cortisol (a "hormona do stress") nas glândulas supra-renais durante períodos de tensão física ou mental.

A regulação do cortisol impedem, teoricamente, que as hormonas do stress causem o cansaço porque o excesso de cortisol afeta o sistema imunitário e neutraliza o aumento da insulina.

Benefícios e propriedades da Rhodiola rosea?

Os benefícios da Rhodiola incluem diversas áreas de aplicação devidamente demonstradas em mais de cento e noventa ensaios clínicos, ao que que junta os benefícios teóricos que ainda não foram testados em ensaios específicos e controlados, mas que estão suportados pelos investigadores.

A lista de benefícios da Rhodiola rosea é bastante extensa:

  • Ajuda a combater o esgotamento físico e mental
  • Reduz o stress e a ansiedade
  • Ajuda a que todos os neurotransmissores estejam equilibrados
  • Mantém em equilíbrio o sistema de resposta ao stress, limitando a liberação excessiva de cortisol, a hormona do stress
  • Serve para tratar a depressão e a neurose
  • Aumenta a energia, a resistência e a perseverança
  • Facilita a concentração
  • Favorece a clareza mental
  • Melhora a memória e rendimento mental, intelectual
  • Ajuda a combater a depressão e o stress psicológico
  • Melhora a atividade sexual
  • Favorece um sono saudável
  • Melhora o rendimento nos desportos (uma vez que aumenta a resistência física)
  • Encurta a recuperação física após exercícios extenuantes
  • Previne doenças catarrais sazonais
  • Estimula a produção de células defensivas naturais (células que protegem contra a infecção)
  • Aumenta a resistência do corpo contra o stress físico e mental e as influências ambientais negativas
  • Aumenta a energia das células pela produção de ATP e CP (o combustível do corpo)
  • É um poderoso antioxidante, que ajuda a combater os radicais livres e prevenir o dano oxidativo no nosso corpo
  • É um tónico geral contra o envelhecimento para as pessoas mais velhas
  • Ajuda a recuperação depois das doença
  • Estimula o metabolismo das gorduras e transforma-as em energia
  • Tem um efeito positivo nessas profissões onde é necessária mais atenção, como motoristas de caminhões, controladores de tráfego aéreo e pilotos
  • Comparada com outros adaptógenos, tem um início mais rápido e um efeito de maior duração

1. O extrato de Rhodiola rosea ajuda a tratar os transtornos asténicos

A Rhodiola rosea é usada para aliviar os transtornos asténicos causados por um esforço físico ou intelectual intenso, derivado da gripe e outras doenças. Entre os distúrbios asténicos incluimos as insónias, a deterioração do rendimento, falta de apetite, irritabilidade, hipertensão, fadiga e dor de cabeça.

2. A Rhodiola rosea melhora o rendimento físico e mental

Os estudos com Rhodiola rosea têm demonstrado que diminui o tempo de recuperação depois dos treinos extenuantes e que melhora a capacidade de concentração e a memória. Os ensaios clínicos demonstraram, igualmente, que a Rhodiola rosea melhora a memória e a concentração durante um longo período de tempo.

Um estudo clínico avaliou cinquenta estudantes, aleatoriamente, durante vinte dias, aos que receberam 50 mg de extrato de Rhodiola rosea por dia ou um placebo. Os indivíduos que consumiram o extrato de Rhodiola mostraram, estatisticamente, uma melhoria significativa nas suas condições físicas, psicomotoras e rendimento intelectual.

3. Rhodiola rosea reduz o stress

O stress manifesta-se em diferentes áreas. Todos temos que lutar alguma vez contra o stress emocional e sabemos o mal que nos sentimos nesses momentos. Qualquer pessoa que pratica desporto conhece os efeitos da tensão físico no seu corpo. O uso excessivo dos músculos pode ter resultados positivos, mas o stress físico sobre o corpo acaba por fazer-se sentir.

Também não nos devemos esquecer do stress ambiental ao que estamos expostos todos os dias, através da poluição, o fumo, os contaminantes nos alimentos e a água e as toxinas das garrafas de plástico. Em suma, o nosso corpo é atacado por vários factores de stress.

Qualquer tipo tem efeitos negativos sobre o corpo humano. O nosso corpo libera cortisol quando estamos estressados, se estamos expostos a uma grande quantidade de stress produz-se um excesso de cortisol que pode provocar muitos problemas no organismo.

Quando estamos expostos ao mesmo, ativa-se uma sequência complexa do nosso sistema químico e neurológico. O nosso corpo responde ao stress para fazer frente de imediato à ameaça que desencadeia o fator de stress.

Podemos comparar isto com a zona vermelha do taquímetro do nosso carro. Costumamos viajar a uma velocidade normal, mas quando temos de esquivar rapidamente um outro carro que vem na nossa direção aumentamos a pressão sobre o acelerador e o taquímetro atinge a zona vermelha para evitar uma catástrofe.

Do mesmo modo que é mau conduzir o carro sempre na zona vermelha, também é prejudicial para o nosso organismo ter que combater constantemente o stress. A Rhodiola rosea acalma o nosso sistema de resposta ao mesmos e ajuda ao sistema nervoso parasimpático.

O stress pode danificar as nossas mitocôndrias e reduzir a energia das nossas células. A Rhodiola rosea pode ajudar a aumentar a nossa energia celular.

Propriedades de Rhodiola Rosea

4. A Rhodiola rosea ajuda a aliviar a depressão

Todos nós sabemos que o stress também tem um impacto psicológico grave no nosso organismo. Leva-nos a sentir-nos deprimidos e infelizes. A Rhodiola rosea estimula a produção de neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, que são determinantes para que nos sintamos felizes e ativos.

A Rhodiola rosea conheceu-se nos Estados Unidos depois de que o Instituto Sueco de ervas realizara um estudo abrangente para avaliar o uso da Rhodiola contra a depressão. Os resultados deste estudo concluiram que a Rhodiola rosea pode combater a depressão leve e a ansiedade.

No estudo clínico, realizado sobre cento e cinquenta pessoas que sofriam de depressão, foi-lhes administrado Rhodiola rosea durante um mês. No final deste período, dois terços dos participantes tinham eliminado completamente os sintomas clínicos de depressão e comprovou-se que estavam mais ativos e sociáveis. A fraqueza geral que sofriam desapareceu.

5. Benefícios da Rhodiola na investigação cardíaca e do cancro

Alguns estudos mostram que a Rhodiola pode servir para o tratamento de doenças cardíacas, as quais são muitas vezes desencadeadas pelo stress. Entre os seus mecanismos inclui a capacidade de reduzir os corticosteróides e catecolaminas, liberadas pelas glândulas supra-renais, quando uma pessoa tem o sofre.

Uma série de estudos duplo-cegos, controlados com placebo que foram realizados em conjunto por investigadores suecos e russos, demonstraram os efeitos positivos da Rhodiola sobre o coração.

6. A Rhodiola rosea aumenta a luta contra os tumores

Verificou-se que a Rhodiola pode ter uma atividade benéfica contra os tumores, tornando o organismo mais resistente contra as toxinas. Isto é devido à variedade de compostos antioxidantes encontrados na Rhodiola rósea.

Os extratos de Rhodiola tiveram um sucesso considerável na luta contra os radicais livres. De momento, estão em curso alguns estudos para avaliar se pode ser aplicado num tratamento de Rhodiola rosea contra o cancro, ou que, pelo menos, sirva para ajudar os pacientes durante a quimioterapia.

7. A Rhodiola rosea fortalece o sistema imunitário

Rhodiola rósea estimula o sistema imunitário de duas maneiras:

  • Por estimulação específica e direta na defesa imunológica: Ao estimular um dos mais importantes tipos de células do sistema imunitário, as células NK, exterminadora natural, que destroem as células infectadas no nosso corpo. A Rhodiola rosea melhora o sistema imunitário através da resistência das células T. A Rhodiola aumenta o poder de resistência do organismo contra as toxinas que podem acumular-se durante o desenvolvimento de uma infecção.
  • Ao fazer que uma pessoa seja menos propensa à tensão: Os cientistas descobriram que o stress suprime a atividade do sistema imunológico e destrói a nossa resistência aos ataques virais e bacterianos. Devido aos efeitos naturais das células NK contra os tumores, verificou-se que a Rhodiola rosea pode aumentar a imunidade para evitar a supressão de células B, que podem produzir-se se sofre de tensão. Quando isso acontece, uma grande quantidade de energia do corpo é desperdiçada sem sentido. Se estamos expostos a um stress crónico, o nosso organismo perde energia constantemente, o resultado é uma resposta imunitária reduzida e uma deterioração da saúde. O extrato de Rhodiola rosea protege e estimula o sistema imunológico através da auto-regulação ou o equilíbrio metabólico do nosso organismo.

Como compreender melhor o stress, os três etapas do seu desenvolvimento

1. Fase de Alarme

Quando se produz um factor de stress, o corpo desencadeia uma repentina liberação de hormonas internas: as corticosteróides e as catecolaminas. Se este é muito intenso, pode danificar os mecanismos de regulação do próprio corpo. Se tomamos adaptógenos é possível alcançar sem problemas a "aclimatação" a essa situação.

2. Fase de familiarização ou ajuste

Se este factor continua (por exemplo, no domínio do desporto, com um treino intensivo) o nosso corpo aprende a tolerar o estímulo estressante, acostuma-se a ele e aumenta a sua resistência frente ao mesmo factor. O período de adaptação é geralmente uma fase segura. Quanto mais tempo ficarmos na fase de familiarização, melhor.

3. Fase de esgotamento

Isto ocorre quando o organismo já não pode combater o stress e dá-se por vencido, ou aparecem sintomas que pioram rapidamente esta fase de esgotamento.

As doenças associadas com este podem desencadear-se na primeira fase de alarme, mas manifesta-se principalmente na fase de esgotamento, quando o corpo não pode mais combate-lo. Pelo geral aparecem na terceira fase, depois de alguns meses ou anos. Tudo depende da duração do período de ajuste.

Às vezes, o corpo pode evitar completamente essa terceira fase e manter o stress sob controlo. É possível alcançar este objectivo tomando adaptógenos. Isto pode ajudar a permanecer no período de ajuste durante o máximo tempo possível.

Tomando extrato de Rhodiola rosea é muito mais fácil lutar contra ele.

Se estás a tomar Rhodiola de maneira regular, a fase inicial de alarme passará facilmente à fase de familiarização. Com Rhodiola rosea podes ficar nesta fase de ajuste durante muito mais tempo, ou mesmo permanentemente. Com isto evitarás que o teu organismo deslize perigosamente para a fase de esgotamento extremo.

Tem efeitos secundários ou interações a Rhodiola rosea?

Se a tomas em doses elevadas sim, a Rhodiola Real pode ter alguns efeitos secundários menores, como o aumento do sono e de ansiedade. No entanto, muitos especialistas enfatizam que existem mais efeitos positivos que secundários. A Rhodiola Royal pode ser combinada, ao contrário dos inibidores da MAO, com a maioria dos medicamentos.

Subscreve o newsletter e consegue um 15% Desconto na tua primeira compra
x