Ubiquinol
6 Produtos
  • Forma Reduzida de Coenzima Q-10 com D-Limoneno
    HSN PRIME, as melhores ofertas do verão
    23,72 €
    27,90 €
    -14.98%
      4,18 €
    Em stock, envio grátis
  • (1)
    Forma Reduzida de Coenzima Q-10. Mayor Efectividade
    HSN PRIME, as melhores ofertas do verão
    30,31 €
    35,90 €
    -15.59%
      5,59 €
    Em stock, envio grátis
  • (1)
    Forma reduzida de CoQ10. Fornece 100mg por serviço.
    SG SL V
    HSN PRIME, as melhores ofertas do verão
    42,22 €
    46,90 €
    -9.99%
      4,68 €
    Em stock, envio grátis
  • Níveis de energia mais elevados. Grande ação antioxidante.
    HSN PRIME, as melhores ofertas do verão
    50,06 €
    58,89 €
    -14.99%
      8,83 €
    Sem stock
  • Forma reduzida da coenzima Q10, com excelentes propriedades antioxidantes e potenciadores de marcadores saudáveis
    SG SL V
    HSN PRIME, as melhores ofertas do verão
    44,90 €
    49,90 €
    -10%
      5,00 €
    Sem stock

Ubiquinol

O ubiquinol encontra-se em todas as células do nosso corpo e é o responsável pela produção energética e de oferecer proteção celular. É essencial para a saúde do coração, já que melhora o funcionamento do músculo cardíaco. Além disso, também é um poderoso antioxidante que protege as células dos danos que causam os radicais livres.

O nosso organismo sintetiza de forma natural a coenzima Q10 (CoQ10) e transforma-a em ubiquinol, o nutriente essencial para o funcionamento das células e oferecer proteção antioxidante. Em suma, o ubiquinol é a forma ativa e reduzida da coenzima Q10.

A partir dos trinta anos, perde-se a capacidade de gerar a coenzima Q10 e transformá-la em ubiquinol. Os estudos clínicos têm demonstrado que o organismo absorve muito melhor o ubiquinol que a coenzima normal.

Índice de conteúdos

    1. O que é o ubiquinol?
    2. Benefícios do ubiquinol para o organismo
      1. O ubiquinol favorece a função cardiovascular:
      2. O ubiquinol como antioxidante:
      3. O ubiquinol ajuda o coração a permanecer saudável
      4. Ubiquinol e estatinas
      5. O ubiquinol proporciona energia natural
      6. O ubiquinol favorece o funcionamento dos órgãos vitais
      7. O ubiquinol atrasa o processo de envelhecimento
    3. FAQs sobre o ubiquinol e a coenzima Q10 (CoQ10):
      1. O que é a coenzima Q10 (CoQ10)?
      2. O que é ubiquinol?
      3. Qual é a diferença entre o ubiquinol e a coenzima Q10 (CoQ10)?
      4. O que pode causar uma diminuição nos níveis de ubiquinol?
      5. Porque é importante tomar ubiquinol à medida que envelhecemos?
      6. Como podemos saber que forma de CoQ10 é a mais adequada para nós?
      7. Que quantidade devo tomar de ubiquinol?
      8. Se a coenzima Q10 está disponível como suplemento desde há trinta anos, porque é que o ubiquinol apareceu recentemente no mercado?
      9. Que benefícios tem o ubiquinol para a saúde?
      10. Quanto tempo demora o ubiquinol a produzir os seus efeitos positivos?
      11. Diz-se que o ubiquinol "proporciona energia natural." O que significa isto?
      12. Existem ensaios clínicos sobre o ubiquinol?
      13. Porque necessito ubiquinol como suplemento dietético?
      14. Qual é o papel do ubiquinol na saúde?
      15. Porque é que deveria tomar um suplemento dietético de ubiquinol em vez de um suplemento dietético de coenzima Q10?
      16. Onde se produz a coenzima Q10 no nosso corpo?
      17. A que idade necessito tomar ubiquinol?
      18. Que benefícios oferece o ubiquinol para os que tomam estatinas?
      19. Posso adquirir ubiquinol através da alimentação?

O que é o ubiquinol?

O nosso corpo produz de forma natural a coenzima Q10 e converte-a na substância ativa do ubiquinol.

Esta substância é básica para a energia celular e para proteger as células dos danos causados pelos radicais livres. O ubiquinol é o que proporciona ao organismo 95% do seu combustível energético, de forma totalmente natural e constante, desde o interior do organismo.

Como comentámos antes, a partir dos 30 anos o nosso corpo reduz a sua capacidade para produzir coenzima Q10 e convertê-la em ubiquinol. Tomar suplementos dietéticos de ubiquinol ajuda o organismo a recuperar os níveis ideais desta substância. Isto é importante, porque o ubiquinol previne o aparecimento de diversos problemas de saúde, como a fadiga e o envelhecimento prematuro.

Alguns medicamentos também podem reduzir, ainda mais, os níveis de coenzima Q10 que o organismo produz.

Benefícios do ubiquinol para o organismo

O ubiquinol favorece a função cardiovascular:

  • Favorece que o coração de mantenha forte e saudável
  • Ajuda a manter a pressão sanguínea adequada
  • Favorece o bom funcionamento do sistema vascular
  • Proporciona energia duradoura

O ubiquinol como antioxidante:

  • Ajuda a prevenir o dano causado pelos radicais livres
  • Fornece a função antioxidante que a coenzima Q10 não pode dar
  • Protege o corpo contra o stress oxidativo
  • É o único antioxidante lipossolúvel conhecido, que de sintetiza endogenamente.
  • Protege as membranas biológicas evitando a oxidação de lípidos, mas também ajuda a regenerar outros antioxidantes como a Vitamina C e a Vitamina E.

O ubiquinol ajuda o coração a permanecer saudável

O ubiquinol é essencial para o bom funcionamento do coração, uma vez que lhe proporciona a energia que necessita para um funcionamento ideal. O coração é o órgão do corpo que maior quantidade de energia precisa. Além disso, o ubiquinol, ao contrário da coenzima Q10 (ubiquinona), tem outra função adicional, uma vez que também tem propriedades como antioxidante, pelo que protege melhor o coração.

Ubiquinol e estatinas

O ubiquinol também favorece as pessoas que estão a tomar medicamentos à base de estatina para reduzir o colesterol. As estatinas reduzem o colesterol mau, mas, por sua vez, também reduzem as quantidades da coenzima Q10 no fígado. Uma deficiência da coenzima Q10 pode provocar fadiga crónica e dor muscular.

O ubiquinol proporciona energia natural

A deficiência de ubiquinol no organismo desencadeia problemas como stress, fadiga crónica e envelhecimento. O ubiquinol é um elemento chave para gerar o 95% da energia.

Tomar suplementos de ubiquinol garante que o organismo tenha as quantidades que necessita desta substância para manter-se saudável e vital. Embora os efeitos do ubiquinol não se percebam se imediato, muitos usuários relatam que verificam a ausência da fadiga normal diária.

O ubiquinol favorece o funcionamento dos órgãos vitais

Ao tomar suplementos ubiquinol restabelece-se o nível ideal de coenzima Q10 no plasma sanguíneo, o que repercute num melhor funcionamento de todos os órgãos. Isto produz uma maior vitalidade e resistência e favorece a saúde em geral.

O ubiquinol atrasa o processo de envelhecimento

O ubiquinol é o antioxidante solúvel em lípidos mais potente que se conhece. Protege as células do dano causado pelo stress oxidativo e os radicais livres associados com o processo de envelhecimento e o desenvolvimento de muitas doenças.

FAQs sobre o ubiquinol e a coenzima Q10 (CoQ10):

O que é a coenzima Q10 (CoQ10)?

A coenzima Q10 é uma enzima solúvel em lípidos que se encontra em todas as células do nosso corpo. É uma fonte inesgotável de energia. Concentra-se principalmente no coração, que é o órgão principal do nosso corpo. A coenzima Q10 é produzida de forma natural pelo próprio organismo e, em seguida, transforma-se na sua forma ativa e antioxidante denominada ubiquinol.

O que é ubiquinol?

O ubiquinol é a forma reduzida da coenzima Q10 e atua como um elemento ativo no organismo. Um organismo saudável produz ubiquinol e utiliza-o para proporcionar energia às células.

Além do seu importante papel na produção energética, é o antioxidante solúvel em gordura mais potente e protege as células do corpo contra o stress oxidativo, que pode danificar os lípidos, as proteínas e o ADN.

Qual é a diferença entre o ubiquinol e a coenzima Q10 (CoQ10)?

  • A coenzima Q10 (ubiquinona) é a forma mais comum da coenzima Q10, enquanto que o ubiquinol é a forma reduzida da coenzima Q10.
  • O ubiquinol está disponível como suplemento dietético há mais de trinta anos e tem sido estudado em profundidade desde há muito tempo. É muito sensível à luz e ao ar, pelo que foi necessário estabilizar a substância para a poder comercializar como suplemento dietético.
  • Os ensaios clínicos demonstraram que o ubiquinol absorve-se melhor pelo organismo que a coenzima CoQ10 convencional.
  • À medida que envelhecemos ou adoecemos, perde-se a capacidade de gerar coenzima Q10 e transformá-la em ubiquinol, na sua forma ativa e útil.
  • O ubiquinol é a forma predominante da coenzima Q10 num corpo saudável. De facto, mais de 90% da coenzima Q10 que há no plasma e nos tecidos de uma pessoa saudável, é encontrada sob a forma de ubiquinol.
  • Anteriormente a que existisse o ubiquinol como suplemento dietético, tomavam-se suplementos de coenzima Q10, tendo em conta a capacidade do organismo para convertê-la em ubiquinol.
  • No corpo, a coenzima Q10 converte-se na sua forma utilizável para o organismo, fornecendo energia e proteção antioxidante às células. Sem a transformação da coenzima Q10 em ubiquinol, não se pode realizar completamente a produção energética que o organismo necessita, nem manter esta energia durante muito tempo. Portanto, ambas substâncias são importantes.
  • Nas pessoas saudáveis e jovens, este processo é muito rápido e eficiente. Mas à medida que envelhecemos ou adormecemos, perdemos a capacidade de gerar Q10 e convertê-lo em ubiquinol, vai diminuindo.
  • O ubiquinol proporciona uma proteção antioxidante a coenzima convencional CoQ10 não pode oferecer. Verificou-se que o ubiquinol é o antioxidante solúvel em lípidos mais poderoso. Portanto, o ubiquinol protege as células do dano dos radicais livres e do stress oxidativo associado com o processo de envelhecimento e das doenças relacionadas com a idade.

O que pode causar uma diminuição nos níveis de ubiquinol?

Uma diminuição nas quantidades de ubiquinol origina o declínio dos níveis energéticos nas células e uma menor proteção contra o stress oxidativo. Isto provoca um aumento do ataque dos radicais livres e um aumento nos danos de todas as células do corpo, incluindo as proteínas, lípidos e ADN. O ubiquinol é a primeira e a mais sólida defesa contra o dano celular oxidativo. Portanto, as quantidades de ubiquinol devem manter-se elevadas para garantir o bom estado físico.

Os estudos clínicos demonstraram que a deficiência de ubiquinol está diretamente relacionada com o envelhecimento prematuro do corpo e da mente e com o risco de sofrer doenças.

Porque é importante tomar ubiquinol à medida que envelhecemos?

Um homem saudável de 20 anos de idade produz a coenzima Q10 que necessita e converte-a em ubiquinol. Com efeito, a CoQ10 que predomina no plasma e nos tecidos de uma pessoa saudável está sob a forma de ubiquinol.

No entanto, a idade e outros fatores podem reduzir a capacidade de produzir a coenzima Q10 e metabolizar-la corretamente.

Isto pode ser porque o corpo necessita de uma maior quantidade de coenzima Q10, que haja um fornecimento insuficiente através da alimentação, ou a uma combinação de ambas as coisas. Alguns estudos descobriram que esta diminuição é visível a partir dos quarenta anos, ainda que em alguns casos pode começar já aos 25 anos.

Quando diminui a capacidade para produzir e metabolizar a CoQ10 em ubiquinol, torna-se mais necessário tomar suplementos dietéticos de CoQ10 e/ou ubiquinol para manter a saúde.

Como podemos saber que forma de CoQ10 é a mais adequada para nós?

No caso de pessoas jovens e saudáveis, com idades entre os 20 e os 30 anos, basta tomar a coenzima CoQ10, já que o organismo a metaboliza e a converte facilmente em ubiquinol. Neste caso, a ingestão de CoQ10 é provavelmente a forma mais eficaz para melhorar os intervalos de ubiquinol.

No caso das pessoas com mais de 30 anos, devem começar a tomar ubiquinol diretamente, já que a capacidade de transformar a coenzima Q10 em ubiquinol começa a diminuir.

Manter uns níveis ideais de ubiquinol é importante para todos, uma vez que garante o bom funcionamento do coração, cérebro e fígado. Dado que o ubiquinol já está transformado e pode ser utilizado imediatamente pelo organismo e, portanto, é a melhor escolha para aqueles que não podem transformar, por si sós, a coenzima CoQ10 em ubiquinol.

Que quantidade devo tomar de ubiquinol?

A dose recomendada varia de acordo com as necessidades de cada pessoa. No entanto, no caso dos idosos ou daqueles que têm níveis baixos de CoQ10 por doença, deve-se começar a tomar 200 mg de ubiquinol dia. Os estudos demonstram que os níveis de ubiquinol são repostos com esta dose em duas semanas. Daí em diante, a dose de 100 mg por dia é suficiente para manter a quantidade que o corpo necessita.

Se a coenzima Q10 está disponível como suplemento desde há trinta anos, porque é que o ubiquinol apareceu recentemente no mercado?

O motivo é que não se conseguia estabilizar o ubiquinol, uma vez que se oxida facilmente ao entrar em contacto com o ar e a luz. Através de uma tecnologia avançada, os cientistas conseguiram agora estabilizar o ubiquinol e tornar-lo biodisponível como suplemento dietético, com todas as suas propriedades.

Que benefícios tem o ubiquinol para a saúde?

Quando as pessoas não conseguem metabolizar a coenzima CoQ10 e convertê-la em ubiquinol, tomar suplementos dietéticos de ubiquinol é a solução para manter o plasma sanguíneo e todos os órgãos num estado saudável. Esta substância fornece energia, resistência e bom estado físico. Além disso, é um antioxidante muito potente e oferece ao organismo uma forte defesa contra o stress oxidativo e as doenças relacionadas com a idade.

Quanto tempo demora o ubiquinol a produzir os seus efeitos positivos?

O ubiquinol não é uma solução para os que procuram a energia rápida e imediata. Ao contrário da cafeína ou do açúcar, que aumenta a vitalidade rapidamente e, em seguida, cai a pico, o ubiquinol oferece uma energia natural duradoura e estável.

Apesar de que cada pessoa é diferente, em geral, o ubiquinol demora entre duas e três semanas para restaurar a intervalos ótimos de CoQ10 no plasma sanguíneo e nos tecidos. A maioria das pessoas começam a sentir os efeitos ao quinto dia de o tomar, que é quando sobe o nível do plasma sanguíneo.

Diz-se que o ubiquinol "proporciona energia natural." O que significa isto?

O organismo necessita ubiquinol para manter a sua vitalidade. Nas pessoas com mais de 40 anos, o ubiquinol restaura os intervalos ideais deste nutriente e fornece a energia que a pessoa tinha quando era mais jovem. Por este motivo, tomar suplementos é a forma ideal para sentir-se enérgico e juvenil.

Existem ensaios clínicos sobre o ubiquinol?

Os investigadores estudaram durante mais de uma década, os seus efeitos, assim como a sua segurança e níveis de toxicidade. No entanto, uma vez que está comercialmente disponível apenas a partir de 2006, os cientistas começaram a estudar os benefícios específicos desta forma reduzida da coenzima Q10. Já foram realizados com sucesso uma variedade de estudos nos que demonstraram os seus benefícios.

Porque necessito ubiquinol como suplemento dietético?

O corpo produz de forma normal a ubiquinona e converte-a em ubiquinol. À medida que envelhecemos, começa a diminuir a capacidade de gerar a coenzima Q10 e de a converter em ubiquinol.

A isto ainda se somam alguns medicamentos que têm como efeito secundário promover a redução da coenzima Q10. Os problemas como o stress, a fadiga e o envelhecimento, também reduzem os níveis da coenzima Q10. Tomar suplementos de ubiquinol podem reabastecer no organismo a quantidade desta substância que precisa.

Qual é o papel do ubiquinol na saúde?

  • É o elemento-chave na produção de 95% do combustível energético celular do organismo.
  • Fornece ao coração a energia e a proteção que necessita para o seu funcionamento ideal.
  • É um potente antioxidante que protege o coração e outros órgãos dos danos causados pelos radicais livres.

Porque é que deveria tomar um suplemento dietético de ubiquinol em vez de um suplemento dietético de coenzima Q10?

Como comentámos antes, a suplementação com ubiquinol é a forma ativa da coenzima Q10 e assimila-se muito melhor no organismo.

Os ensaios clínicos demonstram que tomar ubiquinol aumenta até 8 vezes mais a concentração de ubiquinol no plasma sanguíneo que a coenzima q10.

Onde se produz a coenzima Q10 no nosso corpo?

A coenzima Q10 é produzida principalmente no fígado e converte-se em ubiquinol por um processo enzimático, chamado ciclo redox (conhecido como a forma de oxidação e redução). A coenzima Q10, deve ser "reduzida" a ubiquinol antes que o organismo a possa utilizar.

A que idade necessito tomar ubiquinol?

Recomenda-se a partir dos 30 anos. No entanto, os jovens de 20 de idade que têm uma vida muito ativa ou praticam desporto de forma intensa também podem tomar um suplemento, porque as suas demandas energéticas são superiores às do resto da população ..

Que benefícios oferece o ubiquinol para os que tomam estatinas?

As estatinas são os medicamentos receitados para baixar o colesterol. Estes medicamentos diminuem a produção da coenzima Q10 natural. As estatinas têm como efeitos secundários a fadiga e as dores musculares crónicas.

Tomar um suplemento de CoQ10 ou de ubiquinol ajuda a compensar a redução das quantidades de CoQ10, associada com a toma de estatinas.

Posso adquirir ubiquinol através da alimentação?

O ubiquinol também se adquire, em pequenas doses, através dos alimentos que comemos diariamente. Mas, para atingir os níveis que o corpo necessita deveríamos tomar uma grande quantidade de alimentos, pelo que não é prático. A maioria da coenzima Q10 não se adquire pelos alimentos, senão que é gerada pelo próprio organismo.

Subscreve o newsletter e consegue um 15% Desconto na tua primeira compra
x